“A avenida é hoje muitíssima mais segura” – Ribau Esteves

3939
Avenida Lourenço Peixinho, Aveiro.

A inauguração da obra de requalificação da Avenida Lourenço Peixinho acontecerá a 13 de maio “com uma grande festa”, anunciou o presidente da Câmara de Aveiro. Será um dos ‘pontos altos’ do programa do feriado municipal (12 de maio, dia consagrado religiosamente a Santa Joana). Ribau Esteves deixou a confirmação na reunião da Assembleia Municipal realizada na passada sexta-feira.

O tema foi colocado inicialmente pela PS, através da deputada Ana Seiça Neves, que manifestou alguns receios com a opção pela alternativa encontrada para eliminar os antigos cruzamentos com semáforos. “Não vou dizer se gosto ou não gosto da avenida, porque sabem a minha opinião, mas vou chamar a atenção para as ‘bolachas’ das rotundas. Estas rotundas não são utilizadas ou quando o são os veículos passam por cima, como se não existissem, o que para além de propiciar acidentes ainda tornam o trânsito mais caótico. É frequente quem vem da estação passar por cima. Os autocarros e carrinhas têm grande dificuldade em circundar. À noite é pior, porque não há visibilidade”, alertou.

Antes, Pedro Rodrigues, eleito do PAN, lançou “o desafio” à Câmara para que a inauguração da obra que reconstruiu a histórica avenida fosse feita num evento de bicicleta, mantendo reservas quanto à opção tomada de não criar uma via dedicada para ‘duas rodas’ a pedal. “Veremos até ponto vai resultar em melhoria de mobilidade”, disse o vogal, para quem a inauguração da avenida de bicicleta poderia ser uma oportunidade, também, para esclarecer “as dúvidas” se o traçado adotado para a via ciclável entre a estação da CP e a Universidade, pela zona da Fonte Nova, tornou-se “mais confortável e seguro”. Lembrou, a propósito, as dificuldades criadas para “os mais velhos ou crianças”, ao incluir “contagens de montanha da Volta a Portugal”.

Sobre as questões vindas da bancada do PS, o presidente da edilidade garantiu total segurança viária na principal artéria citadina. “A avenida é hoje muitíssima mais segura. Estão cadastrados, até ao momento, zero acidentes. Entendemos não ser necessário iluminar a ‘bolacha’, mas se for necessário implementaremos essa medida”, admitiu.

Quanto ao traçado da ciclovia que liga a estação à UA, relativizou as queixas do PAN. “Se aquilo é um prémio de montanha eu sou um astronauta. Aquilo é uma coisa banalíssima”, afirmou sobre a “ligeira ladeira” existente entre o centro de congressos e o acesso à escola secundária Mário Sacramento.

“Não vamos inaugurar a avenida de bicicleta, vai ser a pé, com uma grande festa. A festa da bicicleta ainda não temos a data. Vai ser quando pusermos em funcionamento a Buga 2, estamos por muito pouco tempo, na luta final de uma reta excessivamente longa”, referiu Ribau Esteves sobre a entrada em operação das novas bicicletas de utilização pública.

“Que sentido fez ainda ninguém saber na cidade o que vai fazer nas pontes ?” – Pedro Pires da Rosa (PS)

Já Pedro Pires da Rosa, da bancada do PS, voltou a estranhar o ‘secretismo’ em torno da obra de arte que irá decorar o centro da rotunda da chamada ‘ponte praça’, o “centro nevrálgico da cidade”, obra que está já em fase adiantada. “Explique lá que sentido fez ainda ninguém saber na cidade o que vai fazer nas pontes ?. Sabemos apenas que resolveu colocar granito, que é uma pedra tradicional da região”, ironizou.

Não foi desta que o presidente desvendou como a Câmara irá decorar a rotunda da ‘ponte praça’. “Não revelo a obra de arte porque ainda não posso. Não é segredo, é por razão puramente administrativa, entretanto divirto-e com várias propostas”, disse.

Ribau Esteves estranhou o reparo à utilização de granito. ” A única pedra típica que temos é a de Eirol e estamos-nos a ver gregos para fazer o monumento à muralha, do arquiteto Siza Vieira, mas vamos conseguir. A origem do granito é muito parecida à origem que vamos buscar para os pavimentos”, concluiu.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.