600 quilos de bivalves apreendidos em Estarreja

1204
Apreensão de bivalves (Estarreja).
Dreamweb 728×90 – Video I

A localidade de Estarreja está pelo segundo dia seguido no registo de orrências da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR de apreensões de pescado.

Artigo relacionado

GNR apreendeu 1.200 quilos de caranguejo

Desta vez, o Subdestacamento de Controlo Costeiro apreendeu mais de 600 quilos de bivalves por falta de rastreabilidade.

No âmbito de uma ação de fiscalização destinada ao controlo das regras de captura, desembarque e comercialização de pescado fresco, os militares da Guarda detetaram, no dia de ontem, um indivíduo de 66 anos que transportava 635 quilos de bivalves sem o documento de registo e de transporte obrigatórios.

Assim, não foi possível determinar a origem dos bivalves, nem verificar se tinham sido cumpridas as normas obrigatórias relativas à rastreabilidade, o que constitui perigo para a saúde pública.

A GNR identificou a empresa proprietária dos bivalves, tendo sido elaborado o respetivo auto de contraordenação, cuja coima pode ascender aos 75 mil euros.

A Guarda alerta que “a captura deste tipo de bivalves, sem que os mesmos sejam sujeitos a depuração ou ao controlo higiossanitário, pode colocar em causa a saúde pública caso sejam introduzidos no consumo, devido à possível contaminação com toxinas, sendo o documento comprovativo da origem do bivalve fulcral para a prevenção da introdução de forma irregular no consumo.”

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.