282 quilos de pescado fresco apreendidos pela GNR

969
Apreensão de pescado (GNR).
Comercio 780

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro, apreendeu, esta semana, 282 quilos de diverso pescado fresco na Gafanha da Nazaré, concelho de Ílhavo.

Os militares da Guarda fiscalizaram uma viatura ligeira de mercadorias que transportava diverso pescado fresco (polvo, carapau, salmonete, linguado, pregado, língua, santola, peixe galo, faneca, ruivo, pata roxa e pregado), “sem que tivesse sido submetido ao regime da primeira venda. Na viatura era ainda transportada raia curva, cuja captura encontra-se interdita”.

Na altura, foi identificada uma mulher de 52 anos e elaborado o respetivo auto de contraordenação, cuja coima pode ascender aos 37.500 euros.

“O pescado apreendido, por se encontrar em condições para consumo humano, foi entregue na lota de Aveiro para pesagem e para ser submetido ao regime de primeira venda”, refere a GNR.

O regime de venda de pescado fresco prevê que a primeira venda seja, obrigatoriamente, realizada em lota, pelo sistema de leilão.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.