Quase metade dos trabalhadores de lojas são precários no Forum Aveiro – Sindicato

707
CESP (arquivo).
Smartfire 728×90 – 1

Nas lojas instaladas no Forum Aveiro, um centro comercial no centro da cidade de Aveiro, cerca de 40% dos trabalhadores que ali prestam serviço têm vínculos precários.

Estimativa apontada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP) na sequência de contactos mantidos junto dos colaboradores lolistas no âmbito da ‘Semana de combate à precariedade’, que decorre até esta sexta-feira.

A estrutura sindical garante que “nos últimos anos”, com “a luta” desenvolvida pela ‘Campanha contra a precariedade’ conseguiu-se “transformar milhares de vínculos precários em vínculos efetivos”.

Segundo o CESP, no Forum Aveiro, um dos principais centros comerciais da cidade, existem lojas que “excedem os 50% de trabalhadores com estes vínculos” de contratos a termo.

“Muitos” são, também, contratados em part time, “por isso mesmo obrigados a ter um segundo emprego”. O sindicato aponta ainda problemas devido à “política de baixos salários” e “horários desregulados”.

O CESP agendou para sexta-feira, ao final da manhã, uma iniciativa à porta do Forum Aveiro.

Publicidade, Serviços & Donativos