204 quilos de polvo e lula apreendidos por incumprimento das regras de captura e transporte

946
Apreensão de pescado (GNR).

A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro, apreendeu 204 quilos de polvo e lula na localidade da Gafanha da Nazaré, concelho de Ílhavo.

“Numa ação de fiscalização levada a cabo com o objetivo de controlar o cumprimento das regras de captura e transporte, os militares da Guarda fiscalizaram um armazém de venda de pescado, encontrando no seu interior os moluscos cefalópodes sem qualquer documento de aquisição”, adianta um comunicado.

Segundo a Guarda, “após análise, foi possível apurar que 192 quilos de polvo não tinham o peso regulamentar para ser comercializado e que a lula não tinha sido sujeita ao regime de primeira venda em lota.”

Na altura, foi identificada uma mulher de 52 ano e elaborado o respetivo auto de contraordenação cuja coima pode ascender aos 37.500 euros.

“Os moluscos foram entregues à lota de Aveiro, onde a lula foi vendida em regime de leilão, ficando o valor do seu custo à ordem do processo e o polvo após submetido a uma inspeção higiossanitária será doado a instituições de solidariedade social”, informa a GNR, relembrando que “a prática de uma pesca sustentável, que respeite a natureza e a integridade dos ecossistemas, contribui para a conservação das unidades populacionais de peixes e, ao mesmo tempo, para a criação de condições de prosperidade e emprego no setor das pescas.”

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.