‘Velhinho’ Mário Duarte ainda vai servir para treinar no início da nova época

1488
Antigos armazéns gerais, Aveiro.

Depois do que terá sido o último jogo oficial, que teve em campoa equipa junior na ponta final da época passada, o ‘velhinho’ estádio Mário Duarte, em Aveiro, apesar de ter o destinado traçado, continuará ao serviço do Beira-Mar no início da nova época para ser usado para treinos.

Garantia dada ontem pelo presidente do clube, Hugo Coelho, durante a conferência de imprensa de apresentação de Ricardo Sousa como novo treinador principal.

Sobre a futura academia (campos sintéticos e relvado em Taboeira, contíguos ao estádio municipal de Aveiro), num investimento de 3,2 milhões de euros suportado pelo município, a “informação” que a direção tem é que “está em concurso público, houve candidatos e há-de ir a reunião de Câmara”.

“Vamos iniciar a época no estádio Mário Duarte, a treinar naturalmente”, disse o líder aurinegro, lembrando que “grande parte” das instalações e equipamentos do clube já estão localizadas no EMA no âmbito do protocolo com a edilidade que prevê também a gestão pelo Beira-Mar do complexo de campos de treino.

Em maio passado, a Câmara lançou o concurso público para a demolição do estádio ‘velhinho’ e limpeza do terreno. Os trabalhos devem custar cerca de um milhão de euros. Um espaço que a edilidade irá disponibiliza para a ampliação do Hospital Infante D. Pedro (construção dos edifícios da consulta externa e do Centro Académico Clínico).

Publicidade, Serviços & Donativos