Tribunal afasta da residência familiar homem suspeito de violência doméstica

711
Apreensão de arma de fogo (PS).
Smartfire 728×90 – 1

Um homem residente em Ovar, suspeito de violência doméstica, foi obrigado, por ordem judicial, a sair de casa e a ficar com vigilância eletrónica.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Segundo uma nota da PSP, o indivíduo de 55 anos foi apresentado a tribunal na sequência do cumprimento de um mandado de detenção e outro de busca e apreensão “no âmbito de um processo de violência doméstica”.

O suspeito foi detido pela polícia a 9 de novembro, pelas 8:00. Na altura, estava na posse de uma espingarda e 23 munições de diferentes calibres, que os agentes apreenderam.

Após ter pernoitado nos quartos de detenção da Esquadra de São João da Madeira, o detido foi presente esta manhã a tribunal, tendo ficado sujeito às medidas de coação de Termo de Identidade e Residência (TIR), saída da residência de família, colocação de pulseira eletrónica e proibição de contacto com a vítima.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

Comercio 780