Suspeito de furtar baterias de pesados em silêncio no julgamento

990
Tribunal de Aveiro.
Comercio 780

Um homem acusado da tentativa de furto de baterias de veículo pesado que aconteceu na noite de 21 de outubro de 2017 em Albergaria-A-Velha remeteu-se ao silêncio no início do julgamento, esta manhã no Tribunal de Aveiro.

O arguido, calceteiro, residente na zona de Coimbra, que está detido à ordem de outros processos, foi identificado pela GNR na sequência do inquérito.

Quando os Guardas chegaram ao local do furto, as instalações de uma empresa do sector florestal contíguas ao IC2, encontraram apenas uma viatura ligeira de passageiros estacionada na trazeiras com duas baterias de camião na mala.

A documentação do carro estava no nome de familiares do homem que veio a ser acusado do furto qualificado na forma tentada.

A GNR recebeu um alerta através da empresa que assegura a vigilância, à distância, das viaturas pesadas, ativado quando o suspeito retirou as baterias, deslocando para o local uma patrulha.

O autor da tentativa de furto terá entrado nas instalações saltando a vedação.

No interior da viatura de passageiros foram encontradas ferramentas presumivelmente usadas para assaltos.

Existem impressões digitais que são atribuídas ao arguido.

Publicidade, Serviços & Donativos