Simoldes planeia uma fábrica para produzir células de iões de sódio para baterias

997
Simoldes, Oliveira de Azeméis.
Natal Estarr

A Simoldes vai investir 23 milhões de euros numa nova área de negócio, um projeto que envolve a construção de uma fábrica – assim como de um centro de desenvolvimento tecnológico – para produzir células de iões à base de sódio para baterias. Uma tecnologia que começa a ser encarada como uma alternativa ao lítio.

No total, o projeto que foi agora aprovado no âmbito das agendas mobilizadoras do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) vai exigir um investimento em torno dos 27 a 28 milhões de euros, envolvendo, além da Simoldes, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e o Vasco da Gama CoLab.Continuar a ler artigo do Jornal de Negócios via site da AFIA.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.