Sever do Vouga: Sever Quinhentista para assinalar atribuição do Foral

994
Feira Quinhentista, Sever do Vouga.

O centro da vila de Sever do Vouga vai recuar no tempo com a V recriação histórica, “Sever Quinhentista”, nos dias 27 e 28 de abril, no âmbito da atribuição do Foral a Sever do Vouga, pelo Rei D. Manuel I (29 de abril).

Uma organização da Câmara Municipal de Sever do Vouga, que conta com a colaboração da Associação de Artesãos e coletividades locais.

Durante o fim-de-semana haverá animação para toda a família. Gastronomia, música e dança da época, cortejos históricos, rábulas teatrais, jogos tradicionais, artes circenses e animação de rua fazem parte da programação. Para as crianças, um acampamento de petizes com diversas atividades e jogos. O Jardim do Lago será animado por saltimbancos, dançarinas orientais, gaiteiros e contadores de histórias que vão relembrar o tempo em que as lampreias eram usadas como meio de pagamento dos impostos. A animação está a cargo da Associação AlbergAR-TE em estreita articulação com a Câmara Municipal de Sever do Vouga.

Ao longo dos dois dias, são mais de 30 atividades programadas, além da animação permanente. No sábado, dia 27 de abril, uma arruada com música marca a abertura do fim-de-semana.

Destaque para a performance teatral “Voix de Ville” – Fadas Encantadas (14h00), desfile de abertura com os dignitários e população, seguida da leitura do Foral Manuelino e danças palacianas (15h00), danças populares Quinhentistas, com a comunidade (17h30), procissão noturna (21h00), concerto com Albaluna (22h00) e a tradicional queimada (23h00). No domingo, dia 28 de abril, cortejo histórico com leitura do Foral Manuelino e baile popular (15h30), bombos Santiago de Lobão (18h00) e concerto de encerramento com Neiva, Gaitas Serigaitas e Albaluna (19h30).

Programa

Sábado, 27 de abril
11h00 – Arruada com Música
Manhã – Animação de Rua
13h00 – Folguedos nas Tabernas
14h00 – Voix de Ville – Fadas Encantadas
15h00 – Desfile de Abertura com os dignitários e população
15h30 – Leitura do Foral Manuelino, Poesia – comunidade
15h45 –Danças Palacianas
16h00 – Albaluna – gaiteiros e tamborileiros
16h30 – Inspirueta Circus
17h00 – Kopinxas – Teatro
17h30 – Danças Populares Quinhentistas – comunidade
18h00 – Malatitsh – equilíbrios e malabarismo
18h30 – Neiva – gaiteiros e tamborileiros
19h00 – Rábula teatral – Comunidade
19h30 – Arruada de bombos
20h00 – Folguedos nas Tabernas
21h00 – Procissão Noturna – ás Almas.
21h30 – Rábula Shakespeariana – “Severi”
22h00 – Concerto – Albaluna
23h00 – Queimada
23h15 – Inspirueta circus – espetáculo com fogo

Domingo, 28 de abril
11h00 – Arruada com Música
12h00 – Gaitas Serigaitas
13h00 – Folguedos nas Tabernas – Neiva e teatro – comunidade
14h00 – Inspirueta circus
14h30 – Albaluna
15h30 – Cortejo Histórico, Leitura do Foral Manuelino
16h00 – Baile Popular – comunidade
16h30 – Kopinxas – Teatro
17h00 – Música – comunidade
17h30 – Malatitsh – Equilíbrios e forças combinadas
18h00 – Bombos Santiago de Lobão
18h30 – Kopinxas – Teatro
19h00 – Inspirueta circus
19h30 – Concerto de encerramento – Neiva | Gaitas Serigaitas | Albaluna

Publicidade, Serviços & Donativos