“Se alguém andava enganado, que o campeonato estaria resolvido, não somos nós” – Cajó (treinador do Beira-Mar)

1287
Cajó, treinador do Beira-Mar.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Beira-Mar reencontra este domingo (15:00) o Pampilhosa para ajustar contas pelo empate a zero na primeira volta e regressar às vitórias.

Os aveirenses, líder do campeonato com 45 pontos, mais cinco que o Bustelo, recebem os ‘ferroviários’ depois da primeira derrota, sofrida em Alvarenga (1-0).

A equipa aurinegra só venceu um dos últimos quatro jogos, no acerto de calendário com o Vista Alegre. Perdeu na ‘capital dos bifes’ e empatou duas vezes (em Esmoriz 1-1 e na recepção ao Lamas, a zero).

Do lado contrário, a equipa treinada por Maná tem vindo a recuperar na tabela classificativa, ocupando o terceiro lugar com 38 pontos.

O Pampilhosa vem de duas vitórias, em casa, com o Mourisquense (3-1) e Paivense (2-1).

Cajó mantém otimista e espera uma resposta positiva já este domingo. “Em 18 jogos, somos a melhor equipa, apenas uma derrota e três empates, com mais pontos, se alguém andava enganado, que o campeonato estaria resolvido não somos nós”, referiu o treinador do Beira-Mar na habitual antevisão.

O objetivo de chegar ao fim em primeiro “tem muito a ver com a estabilidade”, sendo que “a equipa mais regular será a vencedora”.

“É nisso que estamos empenhados, vamos corrigir o que não esteve tão tão bem para não acontecerem dissabores. Se uma derrota é mau é porque nós criámos essa responsabilidade. Os jogadores vão reagir, nem tudo correu mal”, acrescentou Cajó, deixando um aviso para a valia do adversário: está bem organizado e orientado, tem jogadores que podem fazer a diferença”, alertou.

Resultados e classificação https://afatv.pt/classificacao/24