São João da Madeira tem a maior concentração de tulipas por km2

2682
São João da Madeira.

S. João da Madeira, auto denominada cidade do ‘labor’, pela sua ligação histórica aos pioneiros da indústria do calçado e chapelaria, quer também ser conhecida como “cidade das tulipas”.

“Perto de 80 mil tulipas podem ser apreciadas nos oito quilómetros quadrados do mais pequeno concelho do país”, refere um comunicado da Câmara local.

Os espaços ajardinados da localidade cobrem-se, por esta altura do ano, de tons de amarelo, laranja e vermelho, numa concentração que será inédita à escala municipal.

“Esta ‘explosão’ de cor é o culminar de um excelente trabalho da equipa de jardineiros da Câmara Municipal de S. João da Madeira, iniciado nos viveiros de plantas da autarquia e que depois se manifesta por todo o concelho”, refere a nota de imprensa em jeito de elogio ao desempenho dos serviços responsáveis.

O efeito pretendido está alcançado: “Por onde quer que se ande, há sempre tulipas a “saudar” quem passa, tornando a paisagem urbana sanjoanense mais agradável e aprazível, atraindo visitantes que não resistem ao apelo dos diversos canteiros floridos”.

A autarquia, deixa, contudo, um apelo ao civismo: “Tire uma foto, não tire uma flor”, lembrando que as plantas são “para serem apreciadas por todos”, contando com “a indispensável atenção e zelo dos próprios sanjoanenses, que defendem as tulipas como uma marca da cidade”.

E, sendo assim, “só há uma forma aceitável de as ‘levar’ para casa ou de as oferecer a alguém”, que é “captando a sua beleza através da fotografia e partilhando-a dessa forma.” O apelo é reforçado na semana em que se celebra o ‘Dia dos Namorados’, quando a tradição manda oferecer um flor como prova de amor .