Rotas cicláveis e pedonais para conhecer terras e as suas gentes

1511
Foto Rota do Coração da Ria.

Aproveite os dias de lazer para seguir a Grande Rota da Ria de Aveiro (GRRA). Diferentes percursos com sinalética para explorar a região a pé ou de bicicleta, conhecendo os territórios e as suas gentes.

Com mais de 560 km de extensão, atravessa os 11 municípios da Comunidade Intermunicipal Região de Aveiro, unindo a serra e aos campos lagunares.

De volta à GRRA, é formada por três percursos principais – Percurso Azul, Dourado e Verde –, que se encontram devidamente interligados entre si, permitindo aos visitantes personalizarem o próprio trajeto, de acordo com as suas necessidades, motivações ou interesses.

Está disponível informação específica sobre o percurso, de carácter técnico, mas também de factos históricos, gastronomia, fauna, flora, geologia, elementos patrimoniais e serviços disponíveis. Será desenvolvido um portal exclusivo da GRRA e uma aplicação mobile. Também a partir do teu telemóvel podes fazer algumas apostas com os seus amigos em sites como o 888casino que são amplamente aceites em Portugal.

A evolução da atividade turística ao nível global e especificamente em Portugal, confirma um crescimento contínuo e sustentável da procura associada às ofertas de turismo de natureza e de atividades ao ar livre, em particular, no que diz respeito ao walking & cycling.

A Região de Aveiro terá uma oferta de mobilidade ciclável segura, ancorada, maioritariamente, em percursos segregados desde Vagos até Ovar (eixo da EuroVelo 1), assim como, qualificar definitivamente a secção da Ecopista do Vouga entre a estação ferroviária de Sernada do Vouga (Águeda) e a Foz (Sever do Vouga), correspondendo a cerca de 4,6 km.As quatro candidaturas foram apre-sentadas ao Turismo de Portugal, recebendo aprovação.

Mais informações em https://granderota.riadeaveiro.pt/grande-rota-ria-aveiro/

Outras rotas, mais destinos

Está criado o traçado final da Grande Rota das Montanhas Mágicas Cycling & Walking. Trata-se de um percurso circular, com 230 km de distância, que une os sete municípios das Montanhas Mágicas, sendo possível percorrê-lo a pé (GR – Grande Rota Pedestre), ou em bicicleta de BTT/gravel (GT – Grande Travessia). O Projeto da GR/GT das Montanhas Mágicas, promovido pela ADRIMAG, conta com o envolvimento de parceiros nacionais, regionais e locais, nomeadamente as sete Câmaras Municipais do território – Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, Cinfães, São Pedro do Sul, Sever do Vouga e Vale de Cambra, a UVP – Federação Portuguesa de Ciclismo, a FCMP – Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, a Turismo do Porto e Norte de Portugal e a Turismo Centro de Portugal.

Mais informações em https://www.facebook.com/MontanhasMagicas/posts/3010183735743534

A Grande Rota do Bussaco, um percurso linear, com um total de 56 km, tem como epicentro é a Mata Nacional do Bussaco e que liga aos três concelhos limítrofes da Mata: Mealhada, Mortágua e Penacova. A rota está inserida num projeto dinamizado pela CIM-Região de Coimbra que procura a valorização do património natural.
Quem pretenda iniciar a Grande Rota do Bussaco na Mealhada já o pode fazer a partir do Parque da Cidade, onde está colocada a placa indicativa do quilómetro zero do percurso GR49. A partir da Mealhada, até ao Convento de Santa Cruz do Bussaco, são 11,56 quilómetros de diferentes paisagens: os vinhedos da Bairrada a remeterem para as caves e adegas onde se produzem os vinhos tintos, brancos e espumantes – e estes para a iguaria gastronómica local mais típica – o leitão assado da Bairrada, – ou a vila de Luso, conhecida pela sua estância termal e pelo consumo de água mineral.

Mais informações em http://www.cm-mealhada.pt/menu/776/grande-rota-do-bussaco

O Notícias de Aveiro tem canais próprios para informação institucional ou não jornalística, nomeadamente o canal ‘Comunicados’, assim como informação útil, promoções comerciais ou inclusão de referências publicitárias, como é o caso deste artigo, utilizando os canais ‘Iniciativas’, ‘Roteiro’ e ‘Aveiro Work Point’ »» ler estatuto editorial

Publicidade, Serviços & Donativos