Revigrés desenvolve porcelanatos técnicos polidos inovadores

2375
Revigrés.
Smartfire 728×90 – 1

A Revigrés está empenhada em desenvolver “soluções integradas ao nível dos porcelanatos técnicos polidos” que permitam “por um lado, aliar características estéticas a funcionalidades, e, por outro lado, incrementar e contribuir para a eficiência energética no processo e nos edifícios”.

É esse o objetivo da empresa cerâmica de Águeda com o ‘projeto REVIPOLISHED’, que conta com o apoio ao nível de Investigação & Desenvolvimento (I&D) do Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes (CENTI).

A “estratégia” traçada passa por garantir “eficiência energética, conforto e bem-estar”, com “maior integração arquitetónica”.

O ‘projeto REVIPOLISHED’ conta com o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do Sistemas de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Copromoção, envolvendo um investimento elegível de 783 mil euros o que resultou num incentivo FEDER de cerca de 515 mil euros.

Paula Roque, do conselho de gerência da Revigrés, salientou que a importância do desenvolvimento e introdução das novas tecnologias propostas, “com o objetivo de tornar o nosso processo produtivo mais económico, ecológico e eficiente e contribuir para a competitividade da Revigrés, no mercado nacional e internacional”.

* Ler artigo completo na newsletter do Programa COMPETE 2020.

Publicidade, Serviços & Donativos