PSD recorda urgência de obras na esquadra da PSP de S. João da Madeira

840
Esquadra da PSP de S. João da Madeira (Foto do jornal O Regional).

Os deputados do PSD na Assembleia da República eleitos pelo distrito exigem do Governo “respostas” quanto à reabilitação do edifício que alberga a esquadra da PSP na cidade de São João da Madeira, que está “prometida há muito mas que tarda a sair do papel”.

Numa pergunta dirigida ao ministro da Administração Interna, os eleitos questionam “quando pensa o Governo abrir o procedimento de contratação da empreitada.”

Deputados e membros da comissão política distrital visitaram as instalações policiais na ‘Cidade do Trabalho’, confirmando que “o edifício padece de patologias graves, designadamente infiltrações, canalizações deficientes e cobertura em amianto, tendo até uma sala encerrada por falta de condições mínimas.”

O PSD faz notar que em novembro de 2022, a secretária de Estado da Administração Interna anunciou um investimento de cinco milhões de euros para obras nas instalações da PSP em Ovar e de São João da Madeira, ao abrigo da lei da programação das infraestruturas e equipamentos das forças e serviços de segurança para o quadriénio de 2022 a 2026, e que, já em fevereiro de 2023, aquando da assinatura de contratos com os serviços sociais da GNR e da PSP, pelo Ministro da tutela, “este reforçou o compromisso assumido pela secretária de Estado.”

A cobertura em amianto é motivo principal da preocupação, sendo que o edifício aguarda obras de requalificação prometidas há mais de 25 anos. “Há, de resto, um projeto de reabilitação em desenvolvimento, e sucessivas promessas de intervenção, sem consequência” – pode ler-se no documento que suporta a iniciativa parlamentar saída da visita recentemente ocorrida à esquadra da PSP”, refere o comunicado social democrata.

Os deputados do PSD “querem agora saber quando pensa o governo abrir o procedimento de contratação da empreitada de requalificação do edifício que alberga a esquadra da PSP de S. João da Madeira, qual é o orçamento previsto para esta intervenção e se a execução da empreitada estará a cargo da administração central ou da autarquia”.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.