PSD propõe construção de habitação com custos controlados em Albergaria-A-Velha

750
Albergaria-a-Velha (centro).

PSD de Albergaria rejeita venda a privados e propõe construção de habitação com custos controlados na cidade.

O executivo de António Loureiro apresentou na última reunião de Câmara a alienação de um prédio – Lote 13 na Vila das Laranjeiras. Sociais-democratas querem impedir a venda e propõem em alternativa construção de habitação com custos controlados.

Albergaria-a-Velha, 15 de Fevereiro de 2019 – O PSD de Albergaria-a-Velha vai propor na próxima reunião da Assembleia Municipal, agendada para dia 22 de Fevereiro, uma recomendação para a Câmara Municipal voltar atrás na sua decisão de alienação de terrenos a privados para construção. Está em causa o apelidado Lote 13 situado na Vila das Laranjeiras, na freguesia de Albergaria-a-Velha e Valmaior. A construção com custos controlados proposta pelo PSD seria destinada a jovens casais para aumentar a oferta imobiliária na cidade, de forma a fixar e atrair munícipes, contrariando o acelerado envelhecimento e diminuição da população residente.

Os sociais-democratas propõem que em alternativa à alienação – que fomentará a especulação imobiliária – seja o próprio município a proceder, se possível com recurso a financiamento comunitário, à construção de habitações com custos controlados neste lote. A recomendação do PSD Albergaria baseia-se na inexistência de uma oferta de fogos habitacionais na cidade que, muitas vezes, leva os Albergarienses a procuram em Municípios vizinhos oferta habitacional a preços mais reduzidos onde encontram ainda uma política fiscal atractiva, nomeadamente com taxa zero de participação no IRS. Os mesmos municípios – Braga, Esposende, Vila Nova de Gaia, Vila Nova de Famalicão, entre outros – têm intervindo no sector imobiliário, apostando na construção de habitação com custos controlados e aproveitando os fundos disponíveis para o efeito.

Considerando que a própria Câmara Municipal reconhece que o município de Albergaria-a-Velha não dispõe de oferta de fogos habitacionais e a existência de uma elevada procura de fogos habitacionais por parte da população, o PSD de Albergaria procura com esta proposta reverter a redução de população residente na cidade, em especial de jovens, e o consequente aumento do envelhecimento populacional.

A próxima reunião da Assembleia Municipal de Albergaria-a-Velha está agendada para o dia 22 de Fevereiro às 21h00.

PSD de Albergaria-A-Velha