Prisão efetiva para homem que fez ameaças de morte munido de machado

782
Tribunal de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um homem de 30 anos foi condenado, esta manhã, pelo Tribunal de Aveiro, a um ano e quatro meses de prisão, efetiva ofensas à integridade física e ameaças agravadas de que foram vítimas a mãe e o companheiro, na residência destes, em Cacia.

No derradeiro episódio de violência ocorrido há um ano, foi detido em flagrante pela GNR.

Devido à persistência de comportamentos, em que chegou a agredir a progenitora, acabaria por ficar em prisão preventiva a aguardar julgamento.

Naquele momento de descontrolo, o arguido fez ameaças de morte munido de um machado, que usou para destruir uma viatura enquanto os ofendidos se refugiaram em casa.

No julgamento, admitiu parte dos factos e disse não se recordar de outros, atribuindo o seu comportamento a desentendimentos com a mãe.

Pesou na condenação a pena efetiva o facto do arguido já ter antecedentes criminais por violência doméstica (condenação dois anos de prisão, com pena suspensa) e à necessidade de continuar a fazer tratamento médico, mostrando-se mais adequado que tal suceda em regime de reclusão. “É para sua própria proteção, em breve estará em liberdade”, justificou a juíza presidente.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.