Plano de Ação para a Amêijoa-japonesa

743
Amêijoa-japonesa.

Com o objetivo de estabelecer um Plano de Ação para a Amêijoa-japonesa, o Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE-UL) reuniu recentemente diversas entidades nacionais e regionais na sede da Associação de Pesca Artesanal da Região de Aveiro (APARA) na procura de contributos para uma gestão efetiva do recurso.

O MARIA – Movimento de Amigos da Ria de Aveiro esteve representado nesta reunião através do Vice-Presidente da Direção Paulo Amaral.

Após apresentação dos resultados do projeto NIPOGES obtidos para a Ria de Aveiro , o encontro gerou um debate muito interessante entre os participantes, onde ficaram registadas preocupações com diversos aspetos da comercialização destes produtos, como os modelos de declarações de apanha e o facto de serem desajustados em alguns casos particulares, devido à distância entre a lota e os locais de apanha.

Os circuitos ilegais de apanha e comercialização de amêijoa-japonesa na Ria de Aveiro foram reconhecidos por todos os presentes, tendo-se discutido a necessidade da adoção
de medidas mais eficazes de controlo e fiscalização.

Foi discutida igualmente a necessidade de redefinir os procedimentos a adotar pelas autoridades de fiscalização em situações de apreensão de amêijoa-japonesa capturada e/ou comercializada de forma irregular, não sendo atualmente permitida a devolução ao meio natural de espécimes incluídas na Lista Nacional de Espécies Invasoras, o que
muitos reconheceram ser eticamente questionável.

Também a qualidade da água na Ria de Aveiro foi motivo de preocupação por parte dos operadores, tanto pescadores como aquicultores, que questionam a capacidade instalada de tratamento das águas residuais, observando regularmente os efeitos diretos da poluição na sua atividade.

MARIA – Movimento de Amigos da Ria de Aveiro

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.