PCP alerta para dificuldades no acesso de grávidas a ecografias no SNS

1137
Hospital da Feira (CHEDV).

O PCP, através do seu Grupo Parlamentar, questionou o Governo sobre as “dificuldades na realização das ecografias de segundo e terceiro trimestres previstas no âmbito do acompanhamento na área da saúde materna” no Centro Hospitalar do Baixo Vouga e no Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga.

No distrito de Aveiro, segundo alertam os comunistas, “a falta de capacidade de resposta” obriga as grávidas consideradas de baixo risco a realizar as ecografias em entidades privadas com convenção com o SNS.

“Acresce que, além da falta de resposta do SNS, no distrito de Aveiro não existem actualmente entidades com convenção com o SNS para a realização de ecografias obstétricas, obrigando, por conseguinte, as grávidas a se deslocarem ao distrito de Coimbra para a realização destes exames”, acrescenta o PCP.

Para os comunistas, a situação em causa “é indissociável do desinvestimento” no SNS, que não garante as condições de acesso a cuidados de saúde na gravidez.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.