Palbit comprometida com desenvolvimento de novos produtos

1052
Imagem partilhada pelo Facebook da Palbit.
Dreamweb 728×90 – Video I

A Palbit “planeia investir, anualmente, 8 a 10% do seu volume de negócios em inovação e no desenvolvimento de novos produtos”.

Anuncio feito pela empresa especialista no setor pulverometalúrgico com sede em Albergaria-A-Velha, onde labora há um século prodzindo atualmente “ferramentas de alto desempenho para indústrias do setor automóvel ou da aeronáutica”.

O investimento em perspetiva tem “como objetivo liderar a criação de novos componentes automóveis e continuar o lançamento de novos produtos.”

A empresa lidera ‘a agenda mobilizadora Hi-rEV’ que pretende lançar “uma nova geração de componentes automóveis”, num investimento total de 43 milhões de euros.

Os últimos anos da Palbit “foram marcados pela afirmação crescente da marca própria, dos seus materiais e do reforço da presença internacional da Palbit. Inclusive, a marca própria vale atualmente 60% do volume de negócios, tendo a empresa o objetivo de aumentar o volume de vendas em cerca de 35%.”

Discurso direto

“A inovação tem vindo a criar novas oportunidades de negócio para a empresa. Ao investirmos em Investigação e Desenvolvimento, temos vindo a criar mais probabilidades de garantir o acesso mercados altamente exigentes, com oportunidades de crescimento significativas, potenciando a crescente melhoria da performance dos produtos já existentes no nosso portfólio. Investir em inovação é um fator crítico de sucesso para garantir o crescimento da Palbit, que conquistou o reconhecimento de idoneidade para a prática de atividades de Investigação e Desenvolvimento (I&D), atribuída pela Agência Nacional de Inovação (ANI), que poderá potenciar novas soluções de produção, particularmente no que respeita à sustentabilidade” – Daniel Figueiredo, Executive Board Member da Palbit e membro da Comissão Executiva do Hi-rEV.

» Em 2022, a Palbit fechou o ano com vendas globais de 26 milhões de euros e espera este ano crescer 35% e chegar aos 35 milhões de euros;

» A empresa planeia crescer a um ritmo superior a 20% e chegar a 2030 nos 100 milhões de faturação;

» Conta atualmente com 260 trabalhadores e exporta mais de 90% do que produz para mais de 70 países, com especial destaque para os mercados do centro da Europa, como a Alemanha, Áustria, República Checa e Polónia, mas também os Estados Unidos e o México e alguns países da Ásia.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.