Padrões alimentares dos portugueses são insustentáveis

1000
Cantina escolar (arquivo).
Dreamweb 728×90 – Video I

A alimentação pesa 30 por cento na pegada ecológica dos portugueses, mais do que os transportes ou o consumo de energia. A percentagem faz de Portugal o país mediterrânico com a maior pegada alimentar per capita.

A conclusão é de um estudo da Universidade de Aveiro (UA) que deixa o alerta para uma balança muito desequilibrada: “Portugal importa 73 por cento dos alimentos e só o peixe e a carne ocupam cerca de metade do peso da pegada alimentar nacional”.

Continuar a ler artigo do site UA.pt.

Publicidade, Serviços & Donativos