Ovar reforça valências hospitalares com consulta de geriatria

986
Hospital Francisco Zagalo, Ovar.

O Hospital Dr. Francisco Zagalo, em Ovar, passou a contar com uma consulta de geriatria, informa um comunicado.

O serviço considerado “pioneiro na região” é destinado a utentes a partir dos 65 anos.
“Continuamos a apostar na modernização, diversificação, maior integração na região e na rede de cuidados de saúde.

A nova valência é, precisamente, uma nova resposta às necessidades da população, nesta lógica de proximidade que pauta a nossa ação diária”, referiu o presidente do Conselho Diretivo, Luís Miguel Ferreira, citado em nota de imprensa.

A consulta está a cargo de uma equipa multidisciplinar liderada pelo médico internista Alexandre Rola (com competência em Geriatria pela Ordem dos Médicos).

No início é feita a avaliação global do doente, desde a parte física, estado cognitivo, da marcha, e da capacidade funcional, podendo ser complementada com a avaliação psicológica, nutricional e social.

“O objetivo é tentar maximizar o potencial do doente no sentido de melhorar a sua qualidade de vida, ainda que não o consigamos recuperar a 100 por cento. Por exemplo, através da revisão da medicação habitual encaminhar o doente – rapidamente – para outras especialidades que seja preciso, ou estabelecer um plano de reabilitação/prevenção de quedas”, explicou Alexandre Rola, pós-graduado em Geriatria Clínica pela Universidade do Porto e com estágio num Serviço de Elderly Medicine, durante o internato médico, nos Hospitais de St. Mary’s e Charing Cross, em Londres (Inglaterra).

A nova consulta pretende dar uma resposta mais atenta aos problemas dos doentes idosos, como acontece há mais de 30 anos em Espanha ou nos EUA. Uma “grande mais-valia” para a região que o coloca Ovar no estrito grupo de unidades que disponibilizam uma consulta de geriatria. A mais próxima a funcionar é no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Em Portugal, uma a cada cinco pessoas tem 65 anos ou mais. A projeção do Instituto Português de Estatística é que em 2080 sejam pelo menos três pessoas nessa faixa para cada jovem.

A consulta de geriatria – que arrancou no mês de abril – realiza-se semanalmente à segunda-feira (entre as 13h30 e as 15h30), sendo destinada a todos os doentes com mais de 65 anos que cumpram os critérios de referenciação, entretanto já apresentados nas Unidades de Saúde Familiar da região.

Publicidade, Serviços & Donativos