Ovar: Presidente da Câmara presta contas de uma década de governação local

1004
Sessão solene do feriado municipal, Ovar (2023).

A sessão solene do dia do município de Ovar foi aproveitada pelo presidente da Câmara para fazer o balanço de 10 anos da maioria PSD, refrescando a memória “dos mais distraídos”. “Uma década de dedicação e determinação a favor da nossa Terra e das nossas Gentes. Não é que o povo vareiro tenha memória curta, bem pelo contrário, como o tem demonstrado nos consecutivos atos eleitorais autárquicos recentes”, sublinhou Salvador Malheiro.

No “imperativo” de “prestação de contas”, o edil, que cumpre o terceiro e última mandato, entendeu “relembrar o que era a Barrinha de Esmoriz em 2013”, quando “já ninguém se acreditava que pudesse algum dia mais desfrutar desta riqueza natural”. Recordou as famílias que moravam na primeira linha de mar na praia de Esmoriz, “coabitando com as habituais inundações de água do mar a cada Inverno” ou a antiga praça da cidade freguesia. “Sabemos que há muito ainda por fazer, porque não foi possível dar resposta imediata a todas as necessidades… mas muito já foi feito”, disse.

Ainda pelas freguesias, deixou referências a Arada, onde “nem um centímetro de saneamento existia”, o centro cívico “estava em mau estado de conservação” e a pista de atletismo “era apenas uma recordação para alguns e os nossos jovens treinavam futebol em condições deploráveis.”

No mapa das realizações, apontou a recuperação da antiga Escola Irmãos Oliveira Lopes, o saneamento, o posto médico e o complexo desportivo. Maceda também “não tinha saneamento nem gás há 10 anos atrás”, faltava condições de atendimento no posto médico e não tinha sido atribuída bandeira azul à praia de São Pedro.

Continuando nas praias, o autarca pediu para comparar o actual estado da frente de mar do Furadouro com a realidade de 2013. Ainda pelo Furadouro, apontou as obras na escola e no conjunto habitacional.

Na cidade, destacou as intervenções no Lamarão, na ria Visconde de Ovar, no jardim Garrett ou na zona do Alto Saboga.

Já em São Vicente, “há 10 atrás, a rede viária estava em mau estado de conservação e o saneamento também praticamente não existia”.

As melhorias na escola de São João de Ovar também mereceram referência nas lembranças, assim como o restauro da Junta de Cortegaça e da “extraordinária Igreja de Cortegaça”, que “estava completamente fechada”.

Salvador Malheiro disse que poderia continuar com mais “obras estruturais dispersas por todas as oito freguesias” do concelho, lembrando que “tudo isto foi feito, reduzindo a dívida, reduzindo os impostos municipais” e com um “abissal aumento das verbas transferidas para as nossas juntas de freguesia e para as nossas coletividades”. Em 2013 também não havia Fundo de Emergência Social, orçamento participativo, verbas destinadas exclusivamente para a juventude, animação das praias em o ‘Maio do azulejo’, uma das das ações culturais destacadas.

Discurso direto

“Somos um município que se afirmou à escala nacional em vários sectores. O volume de negócios global do nosso tecido empresarial está próximo dos 3 mil milhões de euros, o que representa um PIB percapita superior ao dobro da média nacional. Estamos na linha da frente em matéria de sustentabilidade ambiental. Somos uma referência nas políticas para as crianças e para a juventude. Somos um exemplo nacional em matéria de Habitação e desenvolvimento social” – Salvador Malheiro.

Distinções honoríficas e inaugurações

A sessão solene do feriado municipal incluiu a atribuição de distinções honoríficas a personalidades e coletividades locais. O Futebol Clube de Cortegaça, a celebrar o centenário, recebeu a Medalha de Ouro. A Medalha de Mérito Municipal Ouro foi entregue a Domingos Tavares e Jaime Almeida. Já a Medalha de Mérito Municipal Prata distinguiu Álvaro Gomes, António Beça, António José Castro, João da Vareirinha e Valdemar Martins. A Medalha de Mérito Municipal Cobre foi atribuída a Andreia Norton, Beatriz Gama, Filipa Faria e João Fula.

A Câmara aproveitou o dia, também, para inaugurar a renovada escola básica de São João de Ovar, consignar as obras requalificação da Rua António Lopes Rodrigues, em SJ de Ovar e a Rua Dr. Vale Guimarães, em Válega, bem como inaugurar o parque de Lazer de São Vicente de Pereira, onde teve lugar, ainda, a apresentação pública do projeto de construção de águas residuais (2ª fase), obra a cargo da AdRA.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.