“Ordenamento e gestão do território na prevenção de incêndios rurais” – sessão informativa

812
Floresta (foto de arquivo).

Os produtores têm evidenciado uma enorme resistência ao abandono e têm procurado implementar iniciativas para dinamização do investimento e gestão.

Por José Francisco Silva *

Ano após ano continuamos a debater as causas da debilidade do nosso território aos incêndios rurais.

O Ordenamento e a gestão do território, ou a falta deles, são frequentemente apontados como as principais razões para o risco sentido.

Os múltiplos planos, instrumentos de planeamento e políticas setoriais que se sobrepõem no território, ainda não resultaram na implementação, no terreno, dos modelos teóricos e conceptuais universalmente aceites por todos.

Adicionalmente, nas últimas décadas, as políticas públicas tem procurado levar organização ao território através de Organizações de Produtores, Zonas de Intervenção Florestal ou, mais recentemente, de Áreas Integradas de Gestão da Paisagem.

No terreno, os produtores têm evidenciado uma enorme resistência ao abandono e têm procurado implementar iniciativas para dinamização do investimento e gestão, como são exemplo as Áreas Florestais Agrupadas, mas ainda sem expressão territorial.

É fundamental que, em conjunto, consigamos perceber as necessidades sentidas e procurar implementar medidas que motivem o investimento na valorização do território, a caminho do desejado ordenamento e gestão.

Teremos nesta sessão a oportunidade de debater, com alguns relevantes atores do setor, as principais ideias em torno deste importante tema.

*  Presidente da direção da Associação Florestal do Baixo Vouga a pretexto da organização da sessão informativa com o tema “O Ordenamento e Gestão do território na prevenção de incêndios rurais”. Dia 23 de novembro, no Cineteatro Alba – Albergaria-a-Velha (18:25). Os participantes podem assistir presencialmente ou seguir via streaming em https://www.facebook.com/afbaixovouga ou https://www.youtube.com/channel/UCv-7xAotdYMFG-L9i1G1N-Q/featured

 

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.