Ol. do Bairro: ‘Casa Verde’ reabilitada para receber serviços públicos

779
Projeto de reabiloitação da 'Casa Verde'-
Dreamweb 728×90 – Video I

O município de Oliveira do Bairro apresentou o projeto de arquitetura para a reabilitação e ampliação da ‘Casa Verde’, o edifício que albergava o Tribunal de Família e Menores, entretanto instalado, temporariamente, no segundo piso do edifício dos Paços do Concelho.

Segundo um comunicado, o projeto foi aprovado, por unanimidade, em reunião de Câmara, prevendo a edificação de um novo edifício de serviços, “de forma a ampliar e a dotar o espaço das condições necessárias para o seu correto funcionamento. Ambos os volumes têm três pisos, um abaixo da cota de soleira e dois acima.”

A ampliação será construída na lateral da ‘Casa Verde’, no sentido de norte para sul, e o acesso do existente para a zona ampliada vai efetuar-se através do piso 0 e do piso 1. O novo edifício vai contar com áreas para Arquivo, Secretaria, Sala de Testemunhas, Sala de Audiências, Sala de Mandatários, espaço para acolhimento de crianças, Sala para Técnicos que permita a visualização da área de acolhimento, assim como quatro gabinetes e instalações sanitárias.

A entrada no edifício, através da Rua do Foral, efetua-se no volume ampliado, constituído por um átrio com elevador de acesso ao piso 1. Este átrio permite também o acesso ao edifício existente, nomeadamente à Sala de Espera para atendimento e, a partir deste compartimento, distribui-se para os diferentes espaços.

Segundo a edilidade, as zonas verdes vão ser mantidas, sendo requalificadas e plantadas mais árvores.
“A solução arquitetónica encontrada mantém a identidade do edifício, adotando materiais e revestimentos contemporâneos e adaptados às novas exigências funcionais dos utilizadores, em harmonia com a época na qual o edifício se insere”, refere o comunicado.

O líder da autarquia bairradina, Duarte Novo, adianta que “o valor previsto da empreitada deve ficar abaixo de um milhão de euros, em investimento próprio do município”, embora possa vir a ser “revisto em alta, face à inflação que também atinge o setor da construção”. Os projetos de especialidade “estão já a avançar, seguindo-se posteriormente o concurso público para a execução da empreitada, que tem um prazo previsto de 18 meses.”

“O objetivo da empreitada é o de garantir um espaço que fique preparado para receber várias valências e serviços públicos, de que é exemplo o Tribunal de Família e Menores, oferecendo as melhores condições possíveis para quem ali trabalha e para a população em geral”, afirma Duarte Novo.

» O edifício Casa Verde localiza-se na Alameda de Oliveira do Bairro, sendo datado de inícios do século XX. Foi habitado pelo Presidente da Câmara Municipal em exercício, no início da década de 20 do século passado. O edifício ostenta grandes ornamentos em pedra no seu exterior e fazia parte de um aglomerado de habitações de referência no concelho, como é o caso do Celeiro dos Duques de Lafões, antigo edifício dos Paços do Concelho. Em 2009, sofreu obras de reabilitação, para acolhimento do Tribunal de Família e Menores.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.