O “Mar de Portugal”

1076
Fotografia de Nuno Vasco Rodrigues.

Através da exposição “Mar de Portugal” proponho-me a trazer aos olhos do grande público alguns momentos que tive oportunidade de eternizar através da minha lente.

Por Nuno Vasco Rodrigues *

Esses momentos simbolizam, ora a riqueza das águas nacionais, onde habitam algumas das criaturas marinhas mais emblemáticas do mundo, ora algumas das ameaças que o Oceano enfrenta nos dias de hoje, como a poluição, a sobrepesca e o aquecimento global.

Como biólogo marinho e investigador, tenho tido oportunidades para desenvolver um conhecimento aprofundado sobre a vida marinha, quer através da minha pesquisa, de diversos projetos de conservação em que estive envolvido e diversas expedições que integrei.

Tal tem-se traduzido na publicação de diversos artigos científicos e três livros sobre a fauna marinha, bem como num arquivo com milhares de fotografias relacionadas com o oceano, a maioria delas subaquáticas, algo em que me especializei.

A fotografia subaquática surgiu na minha vida em 2006, quando trabalhava no meu primeiro livro, um guia fotográfico das espécies submarinas da Reserva Natural das Berlengas. Enquanto mostrava algumas das imagens que ia fazendo nas águas que rodeiam este arquipélago a colegas e amigos, apercebi-me que através delas podia partilhar um pouco da minha paixão pelo mundo subaquático com os demais, algo que tinha dificuldade em fazê-lo apenas por palavras. Tento por isso usar a imagem como uma ferramenta de estudo e comunicação, tendo em vista a conservação.

Muitas das minhas fotos têm sido amplamente publicadas a nível global e várias premiadas em concursos internacionais. Comecei a fazer mergulho livre com cerca de 6 anos e tornei-me mergulhador certificado em 2000, contabilizando hoje mais de 1000 horas no mundo subaquático, em muitos lugares do mundo, a maioria das quais estudando e fotografando vida marinha.

É uma honra para mim poder ver o meu trabalho exibido numa instituição com o nível de excelência do Museu Marítimo de Ílhavo, numa terra com uma tão forte ligação ao mar, quer pelo seu passado – terra de bacalhoeiros destemidos – como pelo presente e futuro, representados não apenas pelo Museu, mas também, por exemplo, pelo Ecomare, onde se desenvolve trabalho de altíssimo nível e grande relevância.

* Fotógrafo e biólogo marinho. Autor da exposição “Mar de Portugal” que é inaugurada a 7 de agosto, pelas 22:00 no Museu Marítimo de Ílhavo.

+ info em www.nunovascorodrigues.com e
www.instagram.com/nuno_vasco_rodrigues/

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.