Nova SAD do Beira-Mar pode assumir preparação da próxima época

2563
Assembleia Geral do SC Beira-Mar (Foto partilhada pelo Facebook do Beira-Mar).

A direção do Beira-Mar anunciou na Assembleia Geral realizada esta quinta-feira que pretende apresentar e discutir nos próximos meses a criação de uma nova sociedade para assumir o futebol sénior, o que pode passar por uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD), embora exista, também, a possibilidade legal de criar uma Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ).

A informação foi divulgada pelo clube em jeito de resumo dos trabalhos da reunião magna que contou com a presença de cerca de quarenta sócios.

“A direção liderada por Afonso Miranda concedeu todas as informações possíveis no momento, garantindo da parte dos sócios um conjunto de ideias para consubstanciar uma possível sociedade para a gestão do futebol profissional que será discutida e apresentada, como desejado, antes do final da presente época” para aprovação pelos sócios.

Segundo apurámos, a auscultação em Assembleia Geral serviu para saber se havia interesse em constituir uma sociedade, tendo o elenco diretivo concluído “de forma unânime que sim”, esclarecidos aspetos a acautelar como garantias, desde a partilha societária, até direitos de veto e benefícios a retirar para o projeto desportivo, entre outros.

Os contactos e abordagens que regularmente são mantidos com eventuais parceiros levaram já a identificar investidores tidos como “credíveis” para o projeto, pelo que a direção sente-se “confortada e motivada” pelos sócios para encetar negociações de forma a voltar à Assembleia Geral com uma proposta final.

Segundo informação recolhida, o objetivo passa por constituir a nova sociedade até Maio, permitindo organizar devidamente a próxima época desportiva.

Entretanto, os sócios aprovaram por unanimidade o Relatório de Atividades e Contas 2021-22, que apresenta um resultado positivo de 29 mil euros, considerando um dos melhores resultados dos últimos 20 anos. A direção deu conta que registou na época passada “um aumento das receitas, acompanhados pela maior captação de patrocínios, apoios estaduais”. O aumento das despesas deveu-se à contratação de Recursos Humanos e de investimento em imobilizado (ginásio, bar complexo, veículo, etc).”

O presidente da mesa da Assembleia-Geral, por sua vez, “deu conta de que em breve será marcada a reunião magna para discutir e votar a nova redação dos Estatutos” do clube. No final, foi aprovado um voto louvor ao trabalho da direção proposto por uma associada.

Artigo relacionado

Beira-Mar / Nova SAD: ‘Timing’ definido para tomar decisões vai ser comunicado aos sócios

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.