Neurociências na UA recebem 365 mil euros da Fundação Ilídio Pinho

363
Imagem UA.pt

A Fundação Ilídio Pinho atribuiu 365 mil euros à Cátedra Ilídio Pinho em Neurociências da Universidade de Aveiro (UA), para financiar a investigação das doenças de Parkinson e de Alzheimer.

Detentores da Cátedra, os investigadores Jens Wiltfang (Universidade de Gotinga, Alemanha), Philippe Pierre e Evelina Gatti (ambos do Centro de Imunologia de Marselha-Luminy, França), no âmbito das células dendríticas, têm por objetivo perceber de que forma o sistema imunitário é influenciado por doenças inflamatórias, refere um artigo do site UA.pt.

Publicidade, Serviços & Donativos