Netbanking / Burla informática: Tribunal absolveu duas arguidas / Lesadas perderam milhares de euros

764
Tribunal de Aveiro.

O Tribunal de Aveiro absolveu duas mulheres que estavam acusadas de envolvimento num esquema que permitiu desviar milhares de euros a duas pessoas residentes na cidade de Aveiro através de acesso fraudulento às suas contas de netbanking.

Dois outros arguidos, um português e cidadão argentino, vão ser julgados em separado, uma vez que encontram-se em parte incerta.

O grupo, que estava acusado de crimes de burlas e acesso ilegítimo, tem outros processos pendentes, nomeadamente na Grande Lisboa, de onde são originários (exceto o homem estrangeiro).

O coletivo de juízes do Tribunal de Aveiro não deu como seguras as provas recolhidas pelo Ministério Público para afastar dúvidas em relação ao envolvimento das arguidas. A única que esteve presente no julgamento (irmã do acusado português) confirmou o levantamento, a pedido do familiar, nos CTT, de um computador portátil remetido do Brasil, que depois veio a ser utilizado nas burlas. Mas negou qualquer participação na atividade ilícita. A outra mulher, que surgia referenciada como titular de uma conta para a qual foi depositado dinheiro de burlas, embora notificada, não chegou a comparecer em tribunal.

Uma das lesadas, professora universitária, viu o seu acesso ‘pirateado’ ao ‘clicar’ no link de um email em tudo semelhante à entidade bancária de que é cliente a pedir para atualizar dados de registo. Os burlões ficaram a conhecer os códigos verdadeiros e efetuaram transferências e pagamentos de serviços a rondar 14 mil euros, quantia que o banco lhe disse não poder ressarcir. Uma outra mulher, vítima do mesmo esquema, foi alertada pelo seu banco depois de “alguns levantamentos não habituais” na ordem das centenas de euros. Dinheiro que também perdeu.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.