Aveiro: Nega agressões durante roubo violento na zona da ‘praça do peixe’

1241
Tribunal de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um indivíduo assumiu, esta segunda-feira, no Tribunal de Aveiro, envolvimento no roubo violento de que foram vítimas duas pessoas, na noite de 24 de julho do ano passado, nas proximidades da ‘praça do peixe’, centro nevrálgico da diversão noturna em Aveiro.

O arguido, de 23 anos, operário da construção civil, residente em Ílhavo, negou, contudo, a autoria de agressões infligidas aos ofendidos, que foram foram colocados contra a parede numa rua, ou retirado à força as carteiras (com dinheiro e cartões multibanco) e telemóveis, como surge imputado na acusação do Ministério Público. “Estava lá. Fui levado na onda. Agora bofetadas para obrigar tirar o telemóvel não fui eu. Não bati, nem atirei ninguém ao chão”, disse, admitindo, apenas que fez os pagamentos na compra de tabaco usando um cartão multibanco roubado.

Já com antecedentes criminais (furtos, roubos, ofensas, injúrias) e condenações, entre as quais uma pena de cadeia substituída por trabalho comunitário, o homem imputou tais atos a “4 ou 5” outros indivíduos com quem estava na noite dos crimes, embora garantindo não os conhecer. A investigação da PSP também não conseguiu identificou os restantes elementos do grupo, que depois do roubo das carteiras, com algum dinheiro e os telemóveis, dirigiu-se a uma gasolineira onde gastaram mais de 100 euros em compras pagas através de ‘contactless’

Chamado a testemunhar pela acusação, um dos ofendidos declarou ter identificado o arguido pela tatuagem pouco comum que tem na face, o desenho de um olho precisamente junto a uma das vistas. “Atacaram-nos pelas costas e atiraram-nos para a viela. Deu-me duas estaladas, na segunda cai no chão. Com medo, dei-lhe tudo que queria”, relatou.

O homem que começou a ser julgado responde por dois crimes de roubo, um de burla informática nas comunicações e, ainda, um crime de dano.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.