Município de Oliveira do Bairro ajuda obras da Igreja Matriz

2170
Igreja Matriz de Oliveira do Bairro.
Comercio 780

A autarquia de Oliveira do Bairro aprovou um apoio financeiro de 30 mil euros à Fábrica da Igreja Paroquial de Oliveira do Bairro para comparticipar as obras de restauro de retábulos e dos altares da Igreja Matriz da cidade.

“A decisão surge na sequência de um pedido de apoio financeiro efetuado pelo pároco de Oliveira do Bairro, Francisco Melo, para a conservação e restauro do Retábulo-Mor, Pintura Mural, Retábulo da Nossa Senhora da Assunção e altares”, refere um comunicado.

Duarte Novo, presidente da Câmara, lembra que “a Igreja Matriz de Oliveira do Bairro é um dos elementos patrimoniais de maior importância do nosso concelho, pelo que consideramos que estas intervenções são de interesse municipal”.

A construção da Igreja Matriz de Oliveira do Bairro, dedicada ao Padroeiro da Freguesia, o Arcanjo São Miguel, data do século XVII, à exceção da fachada e da torre que são do final do século XIX.

“O interior da Igreja é de grande interesse histórico e cultural, principalmente pelo barroco dos seus retábulos de madeira em talha dourada e por algumas das suas imagens”, explica a edilidade.

Em abril de 2016, a Igreja Matriz de Oliveira do Bairro reabriu ao culto, após três anos de encerramento para obras profundas. “No entanto, o templo voltou recentemente a ser encerrado, tendo em conta a necessidade de continuar com obras de restauro e outras intervenções”.

A Fábrica da Igreja Paroquial de Oliveira do Bairro decidiu, entretanto, “avançar com mais um conjunto de intervenções, algumas que já tiveram o seu início, que passam pelo restauro dos altares, a consolidação das paredes atrás do altar-mor, em avançado estado de degradação, a colocação de piso radiante, intervenções no lambrim da Igreja, guarda-vento e porta principal, bem como a conservação das portas laterais.”

Estão previstas, ainda, obras de consolidação das paredes interiores da torre sineira e a pintura exterior do edifício, bem como sistemas de segurança contra incêndio, intrusão e videovigilância e melhoria do sistema áudio. Um investimento que rondará cerca de 190 mil euros.

Publicidade, Serviços & Donativos