“Monumento ao Paraquedista” inaugurado no Dia do R10

2464
RI 10, São Jacinto.

O Regimento de Infantaria n.º 10 (RI 10), em estreita colaboração com a Câmara Municipal de Aveiro, celebra no próximo dia 5 de abril, sexta-feira, o Dia do Regimento, associado à cerimónia de entrega do Estandarte Nacional pela 4.ª Força Nacional Destacada (4FND) e ao 25º aniversário dos Paraquedistas no Exército.

A cerimónia contará com a presença do Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), Silva Ribeiro e do Chefe de Estado-Maior do Exército (CEME), Nunes da Fonseca.

Em momento posterior será inaugurado o “Monumento ao Paraquedista”, na rotunda da Rua do Eng.º Oudinot, uma ação que pretende celebrar e fortalecer os laços de proximidade entre o RI10 e a população do Município.

Nestes 25 anos o RI10 através do 2.º Batalhão de Infantaria Paraquedista participou em 10 Forças Nacionais Destacadas, Bósnia, Kosovo, Timor-Leste, Afeganistão e mais recentemente República Centro Africana, esta última entre 6 de setembro de 2018 e 11 de março de 2019.

Programa da Cerimónia Militar de 5 de abril

» Comemoração do Dia da Unidade e Receção do Estandarte Nacional da 4FND, Cais da Fonte Nova;
» Inauguração do “Monumento ao Paraquedista”, na rotunda da Rua Eng.º Oudinot;
» Inauguração da Exposição alusiva às 10 Forças Nacionais Destacadas.

Programa de Atividades

Durante todo o mês e para assinalar este importante momento, o Regimento tem em curso um conjunto diversificado de atividades junto da população aveirense:

» De 23 de março a 25 de abril, participação na Feira de Março 2019, com um espaço de carreira de tiro simulado;
» Dia 5 de maio será realizada a VIII Corrida das Areias, num percurso de 18km entre a praia da Torreira e São Jacinto terminando no interior do Regimento de Infantaria n.º 10;
» Dia 11 de maio, o RI10 terá o seu dia aberto para que seja possível assistir aos saltos de paraquedas que se incluem no Torneio de Paraquedismo.

As instalações militares sediadas na península de São Jacinto, atualmente designadas como Regimento de Infantaria N.º 10, foram ao longo dos seus 101 anos, pertença dos três ramos das Forças Armadas, tendo em 1978 sido criada a Base Operacional das Tropas Para-quedistas N.º 2 (BOTP2) com a colocação nessa data de forças paraquedistas nas suas instalações.

Em 1 de janeiro de 1994 no âmbito do processo de reorganização das Forças Armadas Portuguesas, dá-se a extinção do Corpo de Tropas Paraquedistas na Força Aérea e é criado o Comando de Tropas Aerotransportadas (CTAT) no Exército Português.

Publicidade, Serviços & Donativos