MOB traz de volta a Festa da Música e dos Músicos de Oliveira do Bairro

451
Festival MOB, Oliveira do Bairro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O MOB – Festa da Música e dos Músicos de Oliveira do Bairro está de regresso entre 1 e 5 de maio, com seis espetáculos no Quartel das Artes que vão juntar cerca de 400 músicos.

“De fora para dentro” é o mote desta sexta edição do MOB, que aposta num conceito diferente, explicado por Tiago Matias, responsável pelo Quartel das Artes: “nesta edição quisemos, mais uma vez, fazer diferente e convidámos três projetos musicais de renome nacional, para trabalharem com os nossos músicos e construírem espetáculos originais para o festival”. Sete Lágrimas, o ensemble português de música antiga mais reconhecido internacionalmente, com 12 discos editados e mais de 200 concertos dados em todo o mundo, “Toques do Caramulo”, grupo de “folk serrano” com quase 19 anos de existência e inúmeras atuações por toda a Europa, e a Orquestra Filarmonia das Beiras, reconhecida a nível nacional e internacional pela sua qualidade artística, são os projetos que aceitaram o desafio e trabalharam com os músicos do concelho de Oliveira do Bairro durante quatro meses e cujo resultado será apreciado no MOB 2019.

A 6.ª edição do festival tem início no dia 1 de maio, às 17h00, com a Big Band da Bairrada, constituída por músicos de Oliveira do Bairro sob direção de André Granjo, na qualidade de grupo residente do MOB. Este projeto convidou 11 cantores, um por cada um dos 11 Municípios da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro. São eles Adriana Figueiredo (Águeda), Andreia Alferes (Vagos), Beatriz Miranda (Oliveira do Bairro), Inês Lira (Anadia), Joana Ferreira (Sever do Vouga), José Rui Branco (Albergaria-a-Velha), Laura Santos (Ovar), Nuno Bastos (Estarreja), Nuno Bessa (Murtosa), Rui Oliveira (Aveiro) e Vanessa Oliveira (Ílhavo). O repertório a apresentar será integralmente constituído por músicas de José Cid, Carlos Paião e Zeca Afonso, três autores de referência da região de Aveiro, com arranjos de Vasco Miranda, pianista e compositor do concelho. Este espetáculo será registado em áudio e vídeo, para futura edição.

Publicidade, Serviços & Donativos