Mais Imaginarius apresenta novas identidades artísticas

419
Système D (foto Imaginarius).

Mais de 180 propostas de 40 nacionalidades diferentes, em sete disciplinas artísticas, concorreram, este ano, ao Mais Imaginarius, um concurso de criações artísticas que abre as portas do Festival Imaginarius a artistas emergentes que pretendem mostrar o seu trabalho, testando formatos e modelos, rumo à construção de novas identidades artísticas.

Do circo ao teatro, da performance ao multidisciplinar, da música à dança, passando pela arte digital, intervenção e instalação, são várias as disciplinas artísticas dos 20 espetáculos selecionados e que vão acontecer, entre 23 e 25 de maio, no espaço público do Centro Histórico de Santa Maria da Feira, mas também no Museu Convento dos Lóios, no Mercado Municipal e na Casa do Moinho.

Todos os espetáculos têm estreia nacional no Festival Imaginarius e chegam de vários pontos do mundo – Austrália, Bélgica, Eslováquia, Espanha, França, Itália, Londres, e também do País anfitrião, Portugal –, assegurando diversidade, mas também inovação, irreverência e criatividade.

O júri do Mais Imaginarius’19 é composto por Fátima Lambert, professora do Instituto Politécnico do Porto, na ESE – UTC – Estudos Culturais e Sociais, Isabel Bezelga, professora do Departamento de Artes da Universidade de Évora, Valdemar Cruz, jornalista cultural e coordenador no Semanário Expresso, José Prata, arquiteto e professor responsável pelos SA/ESMAE-IPP e professor adjunto da área artístico-científica de produção e tecnologias da música da ESMAE/IPP, e Stine Polke-Pedersen, consultora cultural e parceira no PASSAGE – Festival International Street Theatre in Helsingør, Denmark.

Entre 23 e 25 de maio, Santa Maria da Feira garante “Momentos Únicos. Memórias Inesquecíveis – Unique Moments. Unforgettable Memories”.

www.facebook.com/festival.imaginarius

Publicidade, Serviços & Donativos