Mais Imaginarius apresenta novas identidades artísticas

379
Système D (foto Imaginarius).
Dreamweb 728×90 – Video I

Mais de 180 propostas de 40 nacionalidades diferentes, em sete disciplinas artísticas, concorreram, este ano, ao Mais Imaginarius, um concurso de criações artísticas que abre as portas do Festival Imaginarius a artistas emergentes que pretendem mostrar o seu trabalho, testando formatos e modelos, rumo à construção de novas identidades artísticas.

Do circo ao teatro, da performance ao multidisciplinar, da música à dança, passando pela arte digital, intervenção e instalação, são várias as disciplinas artísticas dos 20 espetáculos selecionados e que vão acontecer, entre 23 e 25 de maio, no espaço público do Centro Histórico de Santa Maria da Feira, mas também no Museu Convento dos Lóios, no Mercado Municipal e na Casa do Moinho.

Todos os espetáculos têm estreia nacional no Festival Imaginarius e chegam de vários pontos do mundo – Austrália, Bélgica, Eslováquia, Espanha, França, Itália, Londres, e também do País anfitrião, Portugal –, assegurando diversidade, mas também inovação, irreverência e criatividade.

O júri do Mais Imaginarius’19 é composto por Fátima Lambert, professora do Instituto Politécnico do Porto, na ESE – UTC – Estudos Culturais e Sociais, Isabel Bezelga, professora do Departamento de Artes da Universidade de Évora, Valdemar Cruz, jornalista cultural e coordenador no Semanário Expresso, José Prata, arquiteto e professor responsável pelos SA/ESMAE-IPP e professor adjunto da área artístico-científica de produção e tecnologias da música da ESMAE/IPP, e Stine Polke-Pedersen, consultora cultural e parceira no PASSAGE – Festival International Street Theatre in Helsingør, Denmark.

Entre 23 e 25 de maio, Santa Maria da Feira garante “Momentos Únicos. Memórias Inesquecíveis – Unique Moments. Unforgettable Memories”.

www.facebook.com/festival.imaginarius

Publicidade, Serviços & Donativos