Mais 3 anos e meio de cadeia para larápio que esteve muito ativo em Estarreja e na Murtosa

1688
Tribunal de Aveiro.

Um indivíduo já a cumprir prisão foi condenado pelo Tribunal de Aveiro a uma nova pena de cadeia, desta vez de três anos e meio, num processo relacionado com furtos ocorridos em Estarreja e na Murtosa em 2019.

O cúmplice também foi condenado a prisão, no caso dois anos e meio, mas ficou com a pena suspensa, desde que cumpra várias obrigações.

A dupla, ainda de idade jovem, foi muito ativa no furto de máquinas de tabaco, de onde levavam também dinheiro, em gasolineiras e estabelecimentos de restauração nos concelhos de Estarreja e Murtosa.

Os autores dos assaltos atuavam com recurso ao arrombamento. A GNR identificou os suspeitos com recurso a imagens de videovigilância.

Quando foram detidos, os suspeitos tinham dezenas de maços de tabaco de diversas marcas, quase 2 mil euros e as peças de vestuário utilizadas no crime, bem como diverso material de arrombamento e uma pistola artesanal de ar comprimido.

O arguido que está preso já tem antecedentes criminais por roubo e incêndio.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.