Luís Simões reforça logística em Aveiro com armazém para a Bosch

2386
Luís Simões - transportes (arquivo).
Dreamweb 728×90 – Video I

A Luís Simões, operador logístico, investiu em Aveiro para reforçar os serviços prestados às unidades da Bosch localizadas na freguesia de Cacia.

A Luís Simões trata da logística da Bosch desde 2016. Ao abrigo do novo acordo com a multinacional que fabrica esquentadores Vulcano, entre outros equipamentos, a empresa de transportes mudou o Centro de Operações Logísticas de Gaia para a zona industrial de Taboeira, em Aveiro.

“Com a expansão da relação entre ambas as empresas, as instalações de Aveiro vão abastecer a fábrica da Bosch, desenvolvendo serviços In-House, e alimentar as linhas de produção com abastecimento de componentes cíclicos e consoante as necessidades das linhas. Do mesmo modo, continuará a impulsionar as atividades de exportação, mercado nacional de finish goods e spare parts”, informa a Luís Simões.

A empresa informa que criou 30 novos postos de trabalho na região de Aveiro, somados aos 10 colaboradores que já desenvolviam esta operação logística em Vila Nova de Gaia, entretanto colocados a laborar em Aveiro. O centro irá servir a Península Ibérica.

O armazém, com cerca de 16.440 m2, capacidade para 16.000 paletes, 14.000 slots/caixas (spares) e 42 portas de cais recebe uma grande variedade de produtos da marca, desde esquentadores, caldeiras, termoacumuladores, peças de substituição a componentes para abastecimento às linhas de produção, o que perfaz um total de 11.500 referências ativas.