Jovem detido por abusar sexualmente de rapariga menor que aliciou pelo Facebook

954
Polícia Judiciária.
Banner Ol. do Bairro – cultura – 728X90

A Polícia Judiciária (PJ) do Porto deteve um jovem de 19 anos “pela presumível autoria de crimes de abuso sexual de crianças e pornografia de menores, ocorridos desde março do ano em curso” na cidade de S. João da Madeira, de que foi vítima uma rapariga de 12 anos.

O caso foi investigado no âmbito de um inquérito titulado pelo Ministério Público de Santa Maria da Feira.

Segundo a PJ, o arguido estabeleceu contacto com a vítima através das redes sociais, sendo por esta via que terá iniciado uma relação de namoro.

“Rapidamente direcionou a relação para o objetivo de manter relações sexuais com a menor, começando por lhe solicitar fotos em que se apresentasse nua (‘nudes’)”, refere o comunicado.

De acordo com que foi possível apurar pela polícia, o arguido aproveitou-se do facto de a vítima não ter aulas presenciais em consequência da crise pandémica, passando largos períodos do dia sozinha em casa, assim como pelo facto de residir na mesma localidade.

Assim, o rapaz, fazendo uso da “inexperiência” da menor, convenceu-a a ter encontros na sua residência, “onde tiveram lugar as práticas sexuais abusivas.”

O detido, cidadão estrangeiro, operário fabril desempregado, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Publicidade, Serviços & Donativos