Aveiro: Próximo investimento municipal em campos sintéticos reservado para Oliveirinha

1067
Campo de futebol de Oliveirinha.
Dreamweb 728×90 – Video I

Mantém-se o compromisso de encaminhar para Oliveirinha o próximo destino do investimento municipal em campos sintéticos para a prática de futebol.

Isso mesmo adiantou, esta quarta-feira, o presidente da Câmara, ao intervir na reunião do executivo, que teve carácter público.

O assunto foi abordado inicialmente pelo vereador Rui Soares Carneiro, do PS, que pretendeu saber se a autarquia iria apoiar financeiramente os clubes FIDEC (Santa Joana) e Associação Desportiva de Taboeira que foram contemplados pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) com verbas para comparticipar a construção de campos sintéticos.

O FIDEC já informou que viu ‘Fundo Crescer 2024’ da FPF atribuir-lhe pouco mais de 44 mil euros para colocar relva sintética no ‘pelado’ do complexo desportivo de S. Brás, apelando à ajuda, nomeadamente municipal, para suportar os restantes encargos.

O vereador socialista lembrou que as comparticipações da FPF implicam que os clubes tenham de angariar grande parte do investimento necessário para suportar a totalidade dos custos, questionando se a Câmara “avançará com apoio, tendo em conta quem as verbas rondam 25% das obras globais ou terão de encontrar opções de financiamento”.

Ribau Esteves respondeu esclarecendo que o município “não sabe de nada do processo” das candidaturas. E também não tem “compromissos” com os clubes. “Com o FIDEC nem sequer diálogo ou cooperação. O FIDEC tem um problema de estabilização dos orgãos sociais, digamos assim. Sabemos do objetivo do Taboeira, que o Taboeira até tem uma reserva financeira, mas o clube sabe que não é para nós objetivo apoiar um terceiro campo sintético em Taboeira”, referiu o autarca.

Depois dos encargos financeiras assumidos em Taboeira, Estrela Azul e complexo do EMA (colocado ao dispor do SC Beira-Mar), “a prioridade” assumida e renovada é dotar a freguesia de Oliveirinha de um sintético, sendo esse “o próximo investimento” previsto. “Quem sabe em S. Jacinto, se as coisas forem compatíveis na gestão dos ativos que lá existem”, adiantou Ribau Esteves.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.