Ílhavo / Transportes: CDU lembra promessas eleitorais da nova Câmara

507
Transportes Ílhavo IN.
Dreamweb 728×90 – Video I

“Está na hora de reforçar a oferta de transportes públicos no município de Ílhavo”. Exigência feita pela CDU concelhia em comunicado hoje divulgado.

O fim do projecto ‘Ílhavo IN’ assumido pela autarquia local, levou a coligação PCP-PEV a salientar “a importância de criar uma verdadeira rede de transportes públicos no município” ilhavense.

O projecto ‘Ílhavo IN’, no balanço dos comunistas, “revelou sempre as suas graves limitações em servir como rede de transportes públicos, nomeadamente no que toca a falta de ligações, carreiras e horários adequados às necessidades dos munícipes.”

A CDU relembra que o programa do movimento ‘Unir Para Fazer’, que assumiu a liderança camarária nas últimas eleições, “destacava como compromisso para com os ilhavenses a necessidade de dotar o município de uma rede de transportes públicos sustentáveis”, tal como reconhecia que não dispor de viatura própria é um fator segregador”. Assim, vinca o comunicado, “não bastam as promessas, é necessário concretizar soluções”.

A CDU afirma que é fundamental rejeitar visões mercantilistas sobre o sector dos transportes, já que o direito à mobilidade é algo que deve estar ao acesso de todos os cidadãos, daí que o desenvolvimento de uma verdadeira rede de transportes públicos constitua uma opção estratégica essencial para Ílhavo. Só com um projecto que providencie mais ligações, carreiras, horários e preços adequados poderemos criar uma rede de transportes públicos viável em Ílhavo. É isso que a CDU exige e continuará a acompanhar o desenvolvimento da situação.

Artigo relacionado

Ílhavo: Sistema de transportes tem viagens “ruinosas”

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.