Homem que ameaçou familiares com faca colocado em prisão preventiva

892
GNR (imagem genérica).
Dreamweb 728×90 – Video I

Um homem de 39 anos detido em Águeda por violência doméstica ficou a aguardar o desenrolar do inquérito em prisão preventiva por decisão judicial.

Na sequência de uma denúncia de que estaria a ocorrer uma situação de violência doméstica”, os militares da Guarda do posto de Arrancada do Vouga “deslocaram-se ao local”, onde apuraram que “o agressor proferiu ameaças contra as vítimas, nomeadamente, à sua companheira de 38 anos e filho de 19 anos, enquanto empunhava uma faca”.

No seguimento das diligências policiais, adianta a GNR, “o suspeito proferiu novamente ameaças contra as vítimas, motivo que levou à sua detenção em flagrante, tento sido apreendida a arma branca”.

Apreensão de faca (GNR).

O detido foi presente esta sexta-feira ao Tribunal Judicial de Aveiro, tendo-lhe sido aplicado a medida de coação de prisão preventiva.

“A Guarda Nacional Republicana relembra que a violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe”, remata o comunicado.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.