Homem de 73 anos que aliciava sexualmente crianças em prisão preventiva

511
Polícia Judiciária (Arquivo).

A Polícia Judiciária (PJ=, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve septuagenário pela presumível autoria de crimes de abuso sexual de crianças e tentativa de violação ocorridos no início do mês de novembro do ano passado, em Espinho.

“O arguido, manifestando uma preferência sexual por crianças e pré-adolescentes do sexo feminino, para obter gratificação sexual, abordava as vítimas em zonas/bairros pobres da localidade onde reside, aliciando-as com dinheiro para a compra de guloseimas a que aquelas não têm acesso”, refere um comunicado.

Segundo a PJ, na sequência da última situação conhecida, envolvendo abuso sexual e tentativa de violação de uma menor de 10 anos no início do mês de novembro de 2021, os factos foram denunciados e iniciada uma investigação.

“As diligências desenvolvidas conduziram à identificação do autor e permitiram recolher indícios da prática dos referidos crimes, culminando agora com a detenção do agressor”, acrescenta a nota policial.

O detido, de 73 anos, aposentado, sem antecedentes criminais, foi presente a primeiro interrogatório judicial, sendo-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.