Grupo vendia TV pirata por 15 euros mensais

2100
Tribunal de Santa Maria da Feira.
Smartfire 728×90 – 1

Remeteram-se ao silêncio os sete homens, com idades entre os 41 e os 70 anos que, esta quinta-feira, começaram a ser julgados no Tribunal da Feira, acusados vender TV por cabo pirata.

Tinham clientes em Portugal, mas também em países como Cabo Verde, Suíça e França, refere a Agência Lusa (ler artigo).