Greve de trabalhadores da ERSUC motiva apelo para evitar acumulação de lixo na rua

508
Recolha de lixo doméstico.

A Câmara de Oliveira de Azeméis lançou hoje um apelo “à responsabilidade individual na deposição de lixo neste natal”.

Uma época “propícia à maior produção de resíduos, o que pressiona e dificulta a capacidade de resposta dos homens e mulheres que constituem as equipas afetas à sua recolha”, refere a edilidade, dando conta que a situação “será agravada pela greve anunciada pelos trabalhadores da ERSUC para os dias 28 e 29 deste mês.”

A autarquia pede aos munícipes que os resíduos sejam depositados “de forma responsável, evitando situações de acumulação de lixo nas ruas”, garantindo “a manutenção da salubridade e limpeza do espaço público.”

Os oliveirenses são chamados a fazer “o esforço de armazenar os resíduos em suas casas, por curtos períodos de tempo em que os contentores de deposição coletiva se encontrem cheios, até que a recolha seja regularizada, não sobrecarregando os contentores com lixo ou deixando sacos empilhados à volta.”

“Não é só o ambiente que agradece! Agradecem também as mulheres e homens que diariamente, 365 dias por ano, fazem a recolha do resíduos que todos produzimos, e por quem estaremos a revelar particular empatia e respeito nesta época”, conclui a edilidade, agradecendendo, desde já, a colaboração.

Pré-aviso de greve

O pré-aviso de greve anunciado para o período compreendido entre as 00h00 do dia 28 de dezembro e as 24h00 do dia seguinte e que abrange os trabalhadores ao serviço da ERSUC. A concessionária ERSUC está a tomar” as precauções possíveis para reduzir os impactos desta paralisação, que poderão fazer-se sentir tanto ao nível da recolha de resíduos indiferenciados como de esvaziamento de ecopontos.”

Publicidade, Serviços & Donativos