GNR apreendeu granadas após intervir em caso de violência doméstica

1789
GNR.
Dreamweb 728×90 – Video I

Um caso de violência doméstica conduziu a GNR a apreender, no concelho de Águeda, armamento de guerra antigo, nomeadamente granadas, cuja origem está a ser investigada.

A Guarda foi chamada a uma freguesia nos arredores da cidade onde um jovem, alegadamente descompensado, tinha agredido o pai, na residência deste, atingindo-o com uma faca e uma garrafa.

A vítima acabaria por ser hospitalizada sem ferimentos graves, enquanto o autor das agressões fico obrigado, por ordem judicial, a fazer tratamento médico da especialidade de psiquiatria, aguardando em liberdade o desenrolar do inquérito.

Na sequência do episódio, a patrulha que esteve na ocorrência procedeu a buscas domiciliárias, onde encontrou diverso material de guerra, apreendendo granadas antigas, algumas possivelmente ativas, e munições também velhas de grande calibre já detonadas.

Na altura da apreensão, foi colocada a possibilidade pelos residentes atuais do armamento ter sido deixado pelo anterior proprietário, que era militar de carreira.

Publicidade, Serviços & Donativos