Futebol / Taça de Portugal: Beira-Mar não deu chances ao Mêda (0-6)

1067
Sp. Mêda - Beira-Mar (Facebook de Paulo Menano).
Comercio 780

O Beira-Mar foi à Mêda (Guarda) ganhar, este domingo à tarde, por um expressivo 0-6 a contar para a primeira eliminatória da Taça de Portugal.

Paulo Menano *

Os aveirenses, na sua primeira partida ‘oficial’ da nova época, venciam o conjunto local ao intervalo por 0-2.

Apresentaram-se em campo duas equipas com argumentos diferentes. A formação local, que vai disputar o Campeonato Distrital da 2ª Divisão da AF Guarda, teve de encarar um Beira-Mar que tem vindo a ser preparado para as exigências do Campeonato de Portugal.

O Beira-Mar começou a partida com o pé direito, aproveitando erros defensivos. Ainda assim, a equipa da casa, numa fase muito inicial de época e, também, mais nervosa, resistiu melhor durante os primeiros 45 minutos.

O ponta-de-lança Marcelo Santiago inaugurou o marcador e antes de terminar a primeira parte bisou, mostrando que está recuperado do início de pré-época em que enfrentou alguns problemas físicos.

A segunda parte acabou por ter só um sentido: os ataques forasteiros e, como tal, só uma equipa a dominar os acontecimentos.

A quebra física do Mêda era mais do que esperada, uma vez que o Campeonato da 2ª Distrital, da AF Guarda apenas se inicia no próximo mês.

O Beira-Mar dilatou o resultado facilmente com todos os golos a serem apontados por reforços: Peterson (extremo que chegou no final da pré-época vindo do Praiense), Jota (2) e Drula fizeram ‘o gosto ao pé (os dois últimos golos, foram já em tempo de desconto).

Declarações

“O resultado foi positivo. Foram números largos. No entanto, no grosso do jogo, acho que não fomos tão eficazes quanto isso, pela quantidade de ocasiões que tivemos.
De qualquer das formas, encaramos este jogo com máxima responsabilidade, com humildade, tendo em conta que o Mêda é de dois escalões a baixo do Beira-Mar e tem menos semanas de treinos” –  Ricardo Maia, treinador do Beira-Mar.

Queria deixar uma palavra em especial”para os heróis que foram os meus jogadores. Eles deixaram aquilo que tinham, e que não tinham, dentro de campo. Para esta nova época, pretendemos conquistar os títulos da época passada e repor o nosso clube, na divisão de onde nunca devia ter saído” – Rogério Afonso, treinador do SC Mêda.

SC Mêda – SC Beira-Mar.

Ficha (resumo)

Estádio Doutor Augusto César de Carvalho, na Mêda.

SC Mêda: Miguel Vieira, Rafa, Daniel Magá, Dinis, Pedro Prata, Tiago Marta, João Ferreira, Gato, Bruno Morgado, Fábio Fernandes e Kauan. Entraram em campo após uma primeira parte sem mudanças Marco António, Bruno Cardoso, Hernani, Tomas e Miguel Carvalho.

SC Beira-Mar: Frade, Diego, Kiko, Artur, Leandro Vieira, Drula, Vieirinha, Marcelo, Breda, Carlitos e Leandro Borges. Entraram em campo ainda Rafinha, Jota, Sampaio, Luís Fillipe e Peterson.

Árbitro – Daniel Vicente

* Jornal Mais Beiras

Resultados da Taça de Portugal » Equipas da região

Lusitano Vildemoinhos 0 – AD Sanjoanense 3
S. João Ver 7 – Mortágua FC 1
FC Oliv. Hospital 1 – Lusitânia de Lourosa 0 (após prolongamento)

Consultar resultados e as fichas em FPF.pt.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.