Futebol / Taça da Ria: Beira-Mar derrota Anadia nas grandes penalidades com Miotti a fazer duas defesas

329
Beira-Mar - Anadia.

O Beira-Mar venceu, esta quarta-feira de manhã, o Anadia, na primeira edição da ‘Taça da Ria’ disputada no ‘velhinho’ Mário Duarte, que teve de ser resolvida com recurso a grandes penalidades (4-3), após se verificar uma igualdade (3-3) no final dos 90 minutos (1-1 ao intervalo).

A equipa orientada por Ricardo Sousa teve de correr sempre ‘atrás do prejuízo’ durante o tempo regulamentar, acabando por ser mais feliz na decisão por castigos máximos, com mérito para o guarda-redes Miotti ao fazer duas defesas.

Os bairradinos, adversários na Série C do Campeonato de Portugal, colocaram-se em vantagem através de Diogo, que, na sequência de um canto da direita, desviou à boca da baliza entre um emaranhado de pernas.

Os aurinegros tiveram uma boa reação, com notas positivas para os ‘criativos’ Dieguinho e Boateng. Frank, num remate forte, de fora da área, descaído para a direita, viu o guarda-redes corresponder com uma defesa apertada para canto. O empate surgiria num lance idêntico ao golo do Anadia. Um canto apontado da direita levou a bola para a pequena área, onde Breda meteu o pé, aproveitando uma defesa incompleta.

Os visitantes colocaram-se em vantagem após o intervalo, num remate em arco de Leandro. A vantagem seria desfeita na sequência de uma grande penalidade por ‘carga’ sobre Boateng, que surgia isolado. Cícero não desperdiçou.

Como não há duas sem três, a equipa treinada por Nuno Pedro, que a época passada lutou pelos playoff, chegou ao terceiro golo, com a defensiva local a ficar mal no retrato. Manuel fez o desvio de cabeça, levando a bola a passar por Nogueira e Miotti.

O Beira-Mar conseguiria, novamente, repor a igualdade, na sua melhor jogada em toda a partida. Uma combinação atacante finalizada por Aparício com um remate bem colocado.

Nas grandes penalidades, as duas defesas de Miotti (a redimir-se de uma má entrega de bola que poderia ter dado golo ao Anadia ‘ao cair do pano’) valeram aos locais o troféu, com Aparício a falhar pela única vez para os casa (3-4).

O Beira-Mar alinhou de início com Carvalheira, Adson, João Filipe, Diego Tavares, Bernardo; Mathieu, Breda, Frank; Dieguinho, Cícero e Boateng. Jogaram ainda Ismael, Cho, João Nogueira, Rodolfo, Fábio, Rui Sampaio, Yannick, Caminata, Cissé e Aparício.

Os aurinegros cumpriram, assim, o sexto jogo treino da pré época, com quatro vitórias: Valadares (2-0), Águeda (1-2) e Beira-Mar – juniores (8-1) e agora o Anadia (4-3, nas grandes penalidades).
Tem uma derrota com o Lourosa (2-3) e um empate com a União de Leiria (1-1).

Esta quarta-feira, o Beira-Mar ruma ainda a Vizela, onde irá jogar ao final da tarde na apresentação da equipa local. Sábado faz mais dois amigáveis, em São João da Madeira com a formação local e em casa com o Fafe.

Publicidade, Serviços & Donativos