Futebol distrital: BM mais líder após infligir primeira derrota ao Ol. do Bairro

1274
Oliveira do Bairro-Beira-Mar.
Dreamweb 728×90 – Video I

Num duelo muito disputado entre primeiro e segundo classificados da zona sul do Campeonato Sabseg, o Beira-Mar foi a Oliveira do Bairro, este domingo à tarde, vencer por 1-3  a contar para a nona jornada, reforçando, novamente, a liderança isolada, agora com 27 pontos.

Além de sofrerem a primeira derrota, os ‘Falcões do Cértima’, foram apanhados no segundo lugar pelo Águeda, que derrotou em casa o Bustelo pela margem mínima (ambas as equipas somam 20 pontos).

Ficha do jogo via AFA TV ou FPF /AFA.

Perante uma bancada lotada do estádio municipal de Oliveira do Bairro, as duas equipas confirmaram a expetativa que rodeava a partida.

Os aveirenses apresentaram-se com uma alteração no onze: Maurício entrou para o lugar de Mathieu. Registo ainda para presença do lateral / médio esquerdo Brayan como suplente não utilizado, após lesão.

A equipa da casa, com vários elementos que já passaram pelo Beira-Mar, desde logo o treinador Cajó, entrou muito pressionante e dispôs das primeiras ocasiões de perigo.

Aos 6 minutos, na sequência de um canto, Miguel Oliveira cabeceou por cima da trave. Depois seria Nelson Oliveira a fazer uma incursão pela direita, assistindo com um cruzamento atrasado a que o ponta de lança Everson chegou atrasado. À terceira, Boateng também pecou na finalização. O ganês surgiu isolado na área após um lançamento largo, mas rematou à figura.

Só aos 21 minutos, o Beira-Mar deu um ‘ar da sua graça’. Um remate de Marcelo Santiago, assistido por Rafinha, que Gonçalo Batista defendeu para canto. No ataque seguinte, os visitantes abriram o marcador. A bola é cruzada da direita para a pequena área onde, no meio da ‘confusão’, Rafa Fonseca meteu a cabeça, apontando o seu segundo golo.

O Oliveira do Bairro não ‘baixou os braços’. Everson, num remate de primeira, atirou às malhas lateriais. O empate surgiu num cabeceamento irrepreensível do central Isaac, ex-Beira-Mar, após canto da esquerda.

Aos 35 minutos, Diogo Almeida evitou o segundo dos locais, ao defender para canto um remate de Gonçalo Nunes.

Os aveirenses chegaram ao 1-2 logo a seguir, aproveitando uma perda de bola a meio campo. O guarda-redes da casa ainda conseguiu antecipar-se a Marcelo Santiago, mas largou a bola o suficiente para Diogo Tavares esticar o pé e fazer o seu oitavo golo (melhor marcador da equipa).

Com algumas falhas defensivas e um ataque perdulário, o Oliveira do Bairro ficava obrigado, novamente, a ‘correr atrás do prejuízo’. Logo no reinício da partida, Boateng teve um remate de primeira para nova defesa apertada de Diogo Almeida.

Continuava-se a assistir a um jogo de toada de parada e resposta em que ambos os guarda-redes foram muito solicitados. Diogo Tavares viu um remate seu, na área, ser desviado para canto. Depois seria o central Diego Tavares a cabecear com perigo.

Do lado contrário, o ponta-de-lança Everson, com um remate rasteiro, mantinha Diogo Almeida muito ocupado.

Seguiu-se uma fase de jogo mais duro, com muitas paragens devido a faltas.

Na tentativa de sentenciar a partida, Marcelo Santiago, com um remate rasteiro, levou a bola a sair junto ao poste da baliza do Oliveira do Bairro.

A equipa da casa não desistia de procurar, pelo menos, o empate. Diogo Almeida defendeu em cima da linha um remate de Isaac, de fora da área, após um alívio defensivo.

Numa transição rápida do Beira-Mar, Gonçalo Batista foi obrigado a sair da sua baliza até à linha lateral direita para afastar a bola de Marcelo Santiago.

Sucediam-se, também, os ataques bairradinos, mas sem a eficácia desejada, muito por mérito do adversário. Diego Tavares, com um desvio para canto, impediu o recém entrado Mendonça de ‘fazer estragos’. Pouco depois, de livre, Gonçalo Nunes obrigou o guarda-redes visitante a mais uma defesa de recurso para canto.

O Beira-Mar aproveitava o adiantamento no terreno dos locais. Maurício, após cruzamento da esquerda de Marcelo, embora bem posicionado e com espaço, rematou ao lado.

Já no ‘tempo extra’, voltou a pairar o golo do empate. Primeiro num cabeceamento de Everson na pequena área, que levou a bola a sair junto ao poste. O Oliveira do Bairro ainda pediu grande penalidade numa saída ‘a punhos’ do guarda-redes aveirense.

No último lance da partida, o Beira-Mar aliviou a bola para o meio campo para onde correu Sacra, fazendo num ‘chapéu’ o resultado final (1-3), que visto apenas pelos números será demasiado pesado para a exibição da equipa da casa.

Resultados e classificação do Campeonato Sabseg via Zerozero.pt.

Mais informações do Campeonato Sabseg em AFA TV.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.