Futebol distrital: Aurinegros somam na Vista Alegre segunda goleada, mas desta vez mais sofrida (2-5)

671
Vista Alegre - Beira-Mar.
Dreamweb 728×90 – Video I

O Beira-Mar foi, este domingo à tarde, à Vista Alegre golear a equipa local (2-5) a contar para a segunda jornada do principal campeonato distrital de Aveiro, num embate em casa cheia muito intenso, de parte a parte, que esteve longe de ser uma passeata para os visitantes.

Os aurinegros somam a segunda vitória por números expressivos (total de 9 golos), liderando a série sul com os mesmos seis pontos do Oliveira do Bairro, que ganhou na receção ao Válega (3-1), enquanto o ‘Talé’ mantém-se sem pontuar, mas deixou notas positivas na estreia perante os seus adeptos.

Repetindo o onze do jogo inaugural com o Fermentelos, o Beira-Mar entrou mais pressionante e com mais controlo de bola. No entanto, seriam os locais a abrir o marcador na sequência de um canto, aos 22 minutos, a que o central Rui Santos correspondeu com um desvio irrepreensível de cabeça, mas beneficiando da passividade defensiva.

O golo não abalou o Beira-Mar que desfez a vantagem ainda os locais festejavam. Marcelo Santiago aproveitou uma bola perdida e rematou em rotação.

A partida desenrolava-se de forma muito disputada, e com alguma rispidez à mistura. Atrevido no plano ofensivo, o Vista Alegre voltaria a criar perigo numa atrapalhação do guarda-redes aveirense, mas não evitou a reviravolta quando Diogo Tavares, aos 34 minutos, finalizou uma boa combinação entre Artur e Leandro Vieira.

O Beira-Mar sairia para intervalo com a vantagem ainda mais dilatada, num golo apontado por Ricardo Ferreira, na sequência de um livre assinalado junto à grande área. O remate rasteiro não deu hipótese de defesa.

O Vista Alegre veio do intervalo determinado em relançar a partida, o que conseguiu aos 59 minutos, num bom lance de ataque. Fábio Xavier surgiu na pequena área oportuno a encostar a bola para o fundo da baliza (2-3), após um cruzamento da esquerda de Fazzio.

A resposta dos aurinegros a mais um revés voltou a ser eficaz. Diogo Tavares ‘bisou’ aos 63 minutos (quatro golos na prova), após assistência de Marcelo Santiago, que teve mérito também na recuperação de bola (2-4).

Apesar do desnível no marcador, o jogo continuou animado. Rui Sampaio deixou escapar por pouco o quinto golo, após uma defesa incompleta.

Embora reduzido a 10 jogadores, por expulsão de Cheirinho (segundo amarelo em escassos minutos em campo), o Vista Alegre poderia ter marcado o terceiro num cabeceamento de Mário, a que Breda se opôs.

Já ‘ao cair do pano’, o ponta-de-lança aveirense Marcelo Santiago redimiu-se de um remate anterior, em que fez subir muito a bola, e, à segunda, não perdoou, alvejando com sucesso a baliza (segundo golo na partida e terceiro no campeonato).

Consultar ficha do jogo via AFA TV.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.