Futebol / CdP: Vitória aveirense sem contestação (Águeda 0 – Beira-Mar 2)

1656
Avançado Diogo Tavares foi um quebra-cabeças para a defesa do Águeda.

O Beira-Mar ganhou, esta segunda-feira à tarde, em Águeda por 0-2, a contar para a segunda jornada do Campeonato de Portugal (série D).

A primeira vitória dos aurinegros na prova, sem deixar margem para dúvidas, foi selada com um golo em cada metade. Os locais, que somam derrotas nas duas partidas disputadas, conseguiram as melhores oportunidades antes do intervalo.

Os visitantes, que surgiram em campo com o onze utilizado na Taça de Portugal, estiveram perto de abrir o marcador aos 15 minutos, num livre direto de Mendonça a que Rodrigo correspondeu com uma boa defesa para canto, partindo para uma grande exibição entre os postes.

Na resposta, o contra ataque do Recreio de Águeda esteve quase a fazer estragos, mas Aparício correu a tempo de desviar para canto.

A equipa de Aveiro não se deixava ficar atrás. O central Edgar Almeida, de cabeça, fez a bola passar junto à trave, mantendo os forasteiros mais próximos do golo. O que não tardou a acontecer. Aos 21 minutos, uma perda de bola permitiu a Elsinho desferir um remate ao poste e Zé Pedro não perdoou na recarga. Depois, numa transição rápida, o avançado ex Sporting Kansas City (EUA) voltou a mostrar sentido de oportunidade, desmarcando Ivo Lemos, que só não festejou porque Rodrigo continuava a destacar-se.

Perto do apito para descanso, o Beira-Mar sofreu um susto quando Varela, pela esquerda, assistiu Shibane, que rematou junto ao poste, valendo o desvio de Pedro Soares com o pé para canto.

Era de esperar na segunda parte uma reação mais forte dos ‘Galos’ a correr atrás do prejuízo, mas seriam os aurinegros a estarem sempre mais perto de aumentar a vantagem.

Num cruzamento da direita, Diogo Tavares serviu Zé Pedro que permitiu mais uma grande defesa de Rodrigo. Depois, seria Elsinho a cruzar para a pequena área, onde Rodrigo, por três vezes, travou os intentos de Diogo Tavares.

O duelo entre o avançado e o guarda-redes brasileiro manteve-se aceso. Um novo remate de Diogo Tavares voltou a ser desviado para canto. À entrada do último quarto de hora, Diogo Tavares fez mais uma arrancada, desta vez pela esquerda, deixou para trás dois defesas e ‘ofereceu’ o golo ao recém entrado Mitrovic, que não desperdiçou, limitando-se a meter o pé.

O tempo de jogo esgotou-se com o Beira-Mar a controlar o rumo dos acontecimentos até ao final sem enfrentar grandes dificuldades da equipa treinada por Zé Nando.

O Recreio de Águeda alinhou de início com Rodrigo. Jullyan, Souffo, Serjão, Marcos Silva, Dos Santos, Varela, Silla, Serginho, Fortes e Shibane

O Beira-Mar começou com Pedro Soares, João Nogueira. Edgar, Caio Sena, Mário Mendonça, Elsinho, Aparício, Dieguinho Ivo Lemos, Zé Pedro e Diogo Tavares.

Árbitro: Miguel Cardoso

Mais informações sobre a ficha do jogo em https://resultados.fpf.pt/Match/GetMatchInformation?matchId=1590389

Resultados e classificação em https://www.zerozero.pt/edition.php?id_edicao=147540

Moura é o adversário do Beira-Mar na Taça de Portugal

O Beira-Mar ficou a conhecer, esta segunda-feira, o seu adversário na segunda eliminatória da Taça de Portugal. Trata-se do Moura (Campeonato de Portugal, série H) que afastou o Culatrense (distritais do Algarve) ao vencer por 2-0. A segunda ronda será disputado no reduto da formação alentejana a 11 de outubro.

Publicidade, Serviços & Donativos