Futebol /CdP: Beira-Mar cumpre em Castro Daire / Dos primeiros, só o Lourosa perdeu pontos

1191
Castro Daire - Beira-Mar (foto partilhada por Ana Vinagre, Facebook Sport Clube Beira-Mar - ADEPTOS).

O Beira-Mar foi a Castro Daire, este domingo, vencer por 0-1 (resultado ao intervalo) em partida a contar para a 24ª e antepenúltima jornada da primeira fase do Campeonato de Portugal (Série B) em que o guarda-redes visitante foi o melhor em campo e Marcelo Santiago marcou pelo segundo jogo seguido.

Com esta vitória, os aveirenses somam 44 pontos, mantendo o quatro lugar e a mesma distância de três pontos para as duas equipas imediatamente acima, que também não vacilaram na luta pela subida: Salgueiros (ganhou por 0-1 em Alpendurada) e Rebordosa (vitória em Resende por 3-1).

Já o Lourosa perdeu pontos na deslocação à Madeira, ao empatar em casa do Camacha (1-1), pondo fim a uma série vitoriosa de oito jogos. Ainda assim, os lusitanistas seguram o primeiro lugar, agora com 48 pontos.

Na próxima jornada, sábado de Páscoa, o Beira-Mar recebe o Leça (despromovido após perder este domingo em casa com o Marítimo B por 0-3) e termina a primeira fase na Madeira, com o ‘aflito’ Machico.

25ª jornada: Lourosa – Valadares | Salgueiros – Rebordosa

26ª jornada: Resende – Salgueiros | Alpendurada – Lourosa | Rebordosa – Gondomar

Ficha de jogos, resultados e classificação via FPF.

A equipa de Aveiro apresentou-se em campo com duas alterações em relação ao onze que ganhou em Resende (0-1): Jota e Maurício ocuparam as vagas deixadas por Leandro Vieira e Sanneh.

O Beira-Mar teve de sofrer muito antes de chegar à vantagem de um golo que levou para o intervalo. Luís Pedro foi obrigado a mostrar atributos para impedir a equipa da casa, já despromovida, de abrir o marcador. O guardião esteve no sítio certo para evitar o pior a uma sucessão de remates ainda não tinha passado meia hora de jogo (Niang, Pica, Marcel).

Os visitantes respondiam, mas sem causar grande perigo. Marcelo Santiago, de longe, tentou um chapéu, sem o efeito desejado. Depois, os beiramarenses sofreram uma baixa forçada, com a lesão do extremo Jota, que deu o lugar a Leandro Vieira.

Silvestre foi quem marcou primeiro para a equipa orientada por Miguel Valença, mas o golo foi anulado. Pouco antes do intervalo, à segunda tentativa, Marcelo Santiago não desperdiçou, correspondendo com um remate em jeito à desmarcação de Vieirinha (5º golo na prova, segundo jogo seguido a marcar).

Antes do apito para descanso, do lado contrário, Marcel voltou a alvejar com perigo a baliza.

Na segunda parte, o jogo tardou a ganhar interesse. Até pouco antes do quarto de hora, quando Tomé recebeu a bola do inevitável Marcel e tentou a sorte com um remate que saiu à figura.

Assistiu-se à resposta imediata dos visitantes, com Vieirinha a colocar à prova o guarda-redes Tomás Correia.

O Castro Daire não queria ficar atrás. No entanto, Luís Pedro continua a ser intransponível, desta vez o desviar, quase por instinto, para canto, a finalização de Niang.

Já com o tempo oficial de jogo a esgotar-se, a equipa da casa reclamou grande penalidade num lance que o árbitro ajuizou em sentido contrário.

O Beira-Mar conseguiu algum ascendente nos minutos derradeiros graças a incursões de Tamba em busca do segundo golo, que não surgiria. Os aurinegros somaram a quarta vitória consecutiva (segunda seguida pela margem mínima).

Facebook Campeonato das Oportunidades

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.